quinta-feira, agosto 20, 2009


É o meu país, até quando a falta de caráter vai dominar nossa sociedade? Estava eu no ônibus e reparei uma cena, uma mãe que levantava o filho pra passar a roleta pulando, era uma criança, mas ainda assim uma criança a formar uma personalidade, um caráter, então eu penso: O que vai impedir essa criança logo mais adulto de pular a roleta do ônibus, ou não querer pagar uma conta, ou pegar o que não é seu, até roubar?
Um erro desse país é colocar a culpa nos governantes,outro erro desse país é o caráter desenvolvido pela sociedade corrompida pelos valores pregados pela mídia e também pela gloriosa globalização.
O que ensinamos as crianças, afinal? A futilidade tem crescido a cada dia, pra que uma criança de 10 anos precisa de um celular? Pra ouvir funk dentro do ônibus na volta da escola, incomodando o resto dos passageiros? E diremos o que as crianças? “Vocês devem respeitar as leis criadas pelos legisladores” sendo que os mesmos não se dão ao respeito? Se tão somente educarmos nossas crianças dizendo o que elas não devem fazer, não entenderão as regras, temos que dizer o porque e pra que, e para isso o único exemplo perfeito de humano é Jesus, que além de ser humano é DEUS. Se ensinarmos a elas os princípios, não irão fazer de nossa sociedade futura um caos. Mas para isso, é claro, precisamos que a célula mais importante da sociedade, o primeiro círculo esteja bem estruturado. É preciso que a família cumpra o seu papel. Não o papel de cada um ficar com o filho no final de semana, é na verdade, ensinar aos filhos o caminho em que deve andar, obedecer as regras da vida, e ter o caráter de Jesus. Só assim poderemos ter um país mais justo e honesto. A começar pela educação familiar, em terminar em governantes honestos que aprenderam a não roupar o lápis do colega na escola.

Karol Flegler

Nenhum comentário:

Postar um comentário