sexta-feira, setembro 04, 2009


Tem dia que eu fico burra e não sei pensar,
Nem escrever,
Nem perceber,
Nem olhar,

Tem dia que a única coisa que passa pela cabeça
É a vontade de encontrar um sentido para o pensamento.

E tem dia que é dia de sol, mas quando é de chuva fica mais triste.

Tem dia que eu me perco. É como parar na beira da estrada pra ver a vida dos outros passarem, só que quando você fica parada vendo as vidas passarem levanta poeira, você não vê mais e até que todas as vidas tenham passado não se vê nada.
E é só.
O passado contém ingredientes pra uma receita chamada “futuro”, um bolo de chocolate com massa leve, recheio de serenata e cobertura de chocolate meio amargo.
Isso não é poesia,
são frases soltas de uma mente que não consegue parar.
KAROL FLEGLER

4 comentários:

  1. Rsrs desabafinhos de vez em quando sobre o que você está pensando é bom que descarrega um grande peso na mente.Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, você é louca! Usaria um "mas eu te amo"... mas uma conjunção adversativa não combinaria aqui...

    Amiga, você é louca E eu te amo por isso tbm!

    ResponderExcluir
  3. Mas "mas" tbm é conjunção coordenativa de adição, não? rsrs tbm amo-te

    ResponderExcluir
  4. Tem Dia Que ...

    Vc sabe, VC FAz TODA A DIFERENÇA!
    Te Amo!
    Beijooos!

    ResponderExcluir