sábado, outubro 17, 2009

(...) Ainda tremendo por causa daquele frio, segui Nollie até nosso quartinho e enfiei-me na cama ao seu lado. Por fim ouvimos os passos de papai escada acima, Aquele momento era pra mim, o melhor do dia – ele vinha ajeitar nossas cobertas. Nunca dormíamos antes que ele viesse arranjá-las a seu modo, e colocar a mão em nossa cabeça por um instante. Aquela noite, porém, assim que ele atravessou a porta, rompi em lágrimas.
- Eu preciso do senhor, solucei. Oo senhor não pode morrer, não pode!
Nollie sentou-se na cama.
Papai sentou-se na beira da cama estreita.
- Corrie, disse gentilmente, nos dias em que vamos a Amsterdam, quando é que lhe dou a passagem?
Funguei duas ou três vezes, ponderando o fato.
- ora, pouco antes de tomar o trem.
- Certo. Nosso Pai celestial é muito bom e Ele sabe o momento certo em que iremos precisar das coisas. Não passe na frente d’Ele, Corrie. Quando chegar a hora em que tivermos de morrer, você vai ver que em seu coração terá a força de que precisa. No momento exato.

“Cada experiência que DEUS nos concede, cada pessoa que passa pela nossa vida, faz parte de nossa preparação para um futuro que somente ELE vê”

Extraído do livro “O Refúgio Secreto de CORRIE TEN BOOM”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário