quarta-feira, dezembro 30, 2009

O problema dos livros de auto ajuda é que eles são de auto ajuda, e a menos que se busque a resolução das situações em Deus, é em vão buscar as respostas em si mesmo, por que a origem de todas as coisas está em Deus. E como diria Lewis, Jesus é como o sol, através dele posso ver todas as coisas.
Karol FLEGLER.
Um dia eu ia escrever sobre isso e acredite, não é fácil! Assumir um erro em público depois de dizer que estava absolutamente certa é constrangedor. Sobre o que eu vou falar? Minha teimosia em querer o que não devia. Hoje não consigo rir da situação, não foi bom enquanto durou. Ir ao inferno tem seu preço. Eu pensei que fosse banal. Mas quem poderia dizer que amar ou entregar-se ao amor é errado? Hoje, por convicção posso dizer que sim, é um erro quando não se ESTÁ NO CENTRO da vontade de Deus. ESSA história é um pouco longa mas resumindo...Namorei um rapaz quando tinha 18 anos, por quase 2 anos, me afastei um tanto da vontade de Deus, mas ainda assim ele foi muito misericordioso e o alcançou. Depois, quando Deus me mandou terminar fiquei um tempo sozinha até reencontrar a história que daria um final perfeito pra qualquer livro de romance, meu primo, meu primeiro beijo. Eu me apaixonei...depois de 8 anos sem vê-lo, começamos a namorar no mesmo final de semana que nos encontramos. Minha família não apoiava meus amigos menos ainda, e Deus? Não perguntei nada porque já sabia a resposta, 3 meses depois percebi o grande erro e o grande abismo que estava cavando. Minha vida mudara outra vez. Eu nunca sofri tanto, chorei tanto...Tempos depois descobri muita coisa...ele nunca tinha parado de usar drogas, ele me traia todos os dias com uma mulher diferente e várias outras coisas. Não o vi mais, não tenho mais notícias, simplesmente sumiu. Até eu acordar muita coisa aconteceu, mas aprendi. Desde então tenho pensado nisso, nessa minha maneira de se envolver. Tenho gerado algumas teorias, lido umas coisas, cheguei à conclusão de que Deus só fez Adão pra Eva e só. Não existe uma pré determinação de Deus pra com quem você vai casar, muita gente crê nisto. EU NÃO. Existem alguns passos pra achar a pessoa certa. Primeiro passo: A pessoa tem que estar sozinha
Segundo: Tem que ter vida com Deus.
Terceiro: Gostar de você independente de como você é, E QUERER que você seja melhor que puder.
Quarto:Sua família tem que aprovar.
Quinto: Seus amigos têm que aprovar.
Sexto: Tem que ter um propósito, tem que fazer Deus sorrir.
Eu não estou preocupada com o fato de estar solteira, ou ser pra sempre, enquanto isso, vou curtindo meus amigos, a vida de solteira...sem medo de ficar sozinha, porque se eu achar o namorado, noivo, marido dos meus sonhos...sei que ele não vai ser perfeito...e o ÚNICO homem perfeito é JESUS e ele é o homem da minha vida.
Karol FLEGLER.

terça-feira, dezembro 29, 2009

Eu tinha pensado em escrever tanta coisa pra esse fim de ano que acabei não escrevendo nenhuma frase. Eu pensei em escrever sobre o natal, ou sobre o meu último vest UFES, sobre a vida, sabe? Mas não tinha dado tempo ainda, pensei em escrever sobre as novas tendências do design e da arte, ou sobre meu novo emprego... Mas FICOU só no pensamento.
Lembrei-me de mim mesma que disse: ”não pense para escrever, somente escreva”.
Devo lembrar-lhes que perdi meu CD de backup no computador do laboratório da escola? Com meu livro autobiográfico, meus textos, minhas mais importantes fotos do ano e também meu projeto final.
Também é importante lembrar ...
E falando de escrever, escrevi mais uma peça intitulada de “KD meu umbigo?”.
Acabaram as aulas e as noites no Carrefour, Cris me perguntou se eu tenho uma lista de objetivos na vida... Mas eu só tenho um pequeno objetivo: Ser eu mesma.
Mas em 2010 eu quero algumas coisas... Quero os mesmos amigos e uns novos. Quero comprar livros e ver filmes, quero interpretar, escrever e sonhar. E se C.S.Lewis estivesse vivo, eu casaria com ele.
Livro do ano: “O menino do Pijama listrado”
Música: “Pela fé”
Texto do ano: O modelo.
Filme: Wolverine
Personagem: Morte – Jaciara

Eu?Karol Flegler.

terça-feira, dezembro 22, 2009

"Autodidata éum ignorante por conta própria."

quinta-feira, dezembro 03, 2009

só desabafoOS

A ARTE MOVIMENTA A HISTÓRIA DO MUNDO.
É A PRIMEIRA A SER ABALADA, É A MENOS INCENTIVADA
A mais obcecada ciência da construção do humanismo.
Se projetista, ser design gráfico é a projeção do futuro presente, e quando pensamos que não se pode mais evoluir, vem um novo software que abala todas as estruturas da sociedade, e só quem está inserido no mundo gráfico consegue capitar a mensagem de revolução. Se o mundo agora é movido por computadores, sejamos os “Da vince”, não temos uma tela, nem tinta e nem pincel, temos um mouse, um monitor e uma folha branca. Temos tudo o Que já foi bom e nossas mentes férteis, novas e produtivas. Se temos amigos em roda, temos uma tempestade de idéias, se temos comida no centro, temos piadas pra rir o ano inteiro, se temos alguém que gosta de livros, estes por sua vez passam de mão em mão. Se o que voCê gosta de fazer é o que você faz, não tem porque mudar, é só sofrer as conseqüências de ter escolhido viver de arte. Nenhuma profissão pode ser mais gloriosa que esta. No final das contas, toda criança desenha, mas algumas preferem números, toda criança desenha, mas outras preferem ensinar, todas desenham mas não fazem isso a vida inteira. Todas elas, todas as crianças que ainda habita em nós ainda pensam : quando eu crescer quero fazer um quadro assim. Algumas crescem e fazem, outras fazem como acham melhor. No final somos a base da beleza da sociedade moderna, o futuro arcaico, para as próximas gerações.
Karol FLEGLER
Ao final da vida percebe-se o quanto foi tolo e feliz,
Se sorriu mais ou chorou mais,
Se viveu pra morrer ou pra se pra viver,
Ao final se pesa o sensato, o justo e o bom. Nada de revoltas em vão, o que queremos é o melhor do mundo e se o melhor depender de nós então é isso que vai ser.
Se nada vale a pena, por que tentar d novo? O final não é a morte?
Mas se você ainda deixa algo que lembre você valew a pena sofrer...
Os amores acabam e começam outros, ao final da vida nem se sabe o que foi o amor. Que se dane.
Eu quero me vestir como quem vai dormir e acordar quando achar q é bom. Quero escrever o que penso até os dedos cansarem, até as págs brancas acabarem, quero desenhar coisas sem sentido, e com sentido, quero andar de ônibus, ir de um terminal a outro, e vendo as paisagens feias e bonitas, pensando na vida e depois dela, tendo idéias e pensamentos . Quero poder gastar tudo em momentos, em filmes em livros e em lanches. Quero todos os movimentos artísticos de volta, quero Monalisa em grafitte no muro de Berlim, nas muralhas da china. Quero a capela Cistina do lado de fora da abóboda. Todos os povos falando uma só língua, falando tupi, falando outra língua que não seja o inglÊS, não quro carros, quero cavalos, não quero asfalto, quero terra vermelha batita, não qro flores artificiais, quero as de verdade. Não quero o q eu as pessoas têm, não me importa. Só o que eu tenho são palavras, e se todo mundo quiser isto eu dou de graça.
KAROL FLEGLER

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Refúgio secreto


É INCRÍVEL como os meus livros nunca se completam na estante. Eu fico imensamente feliz em ver que estão sendo “lidos”. Ao olhar meu blog hoje, vi que falta eu escrever sobre alguns, especialmente sobre um que, para mim, é um dos mais fantásticos livros sobre a grande guerra, “O refúgio secreto”. Eu devia ter uns 16 anos quando li pela primeira vez, não entendia bem o significado da palavra problema, ou da palavra gratidão. Corrie, a autora biográfica do livro conta sua história. Uma holandesa cristã comum, morava com o pai, irmã e tias. Eles tinham uma relojoaria onde todos os conheciam. Seu PAI tinha uma sabedoria enorme, faz você chorar. Sua irmã uma fé inabalável, o que me admira na história é que somente Corrie sobreviveu para contá-la de forma singular. Corrie Ten Boom, me fez entender que o refúgio secreto não era só um quarto atrás do guarda-roupa, era o próprio Cristo.
Karol Flegler.

terça-feira, dezembro 01, 2009


Eu fui ver 2012 e CARACAS, que filme doido! Te dá uma sensação de “será que eles vão conseguir?” Os efeitos muito bem feitos, sem erro, sem exagero. Tudo parece ser verdadeiro, as pessoas com medo, os profetas mudos com aquelas plaquinhas “Arrependa-se, o fim está próximo”. Mas infelizmente nem se compara com a verdade que nos é descrita no apocalipse. O mais lindo no filme é uma família se unindo para sobreviver, um pai que procura o filho, o sacrifício para que haja, de alguma forma, salvação. O problema é que os fenômenos que ocorrem estão descritos na bíblia e previstos para alguns anos, mas não há como sobreviver. Dessa vez não haverá Noé em sua arca, nem tão pouco arcas para se comprar passagens, não há como fugir.
“”Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do filho do homem.” (Mateus 24:27)

Não estou bem certa das coisas que dizem por aí sobre o mar tomar seu lugar, não li a bíblia toda ainda, mas creio que não será assim. O ÚLTIMO livro da bíblia, o Apocalipse, conta toda a história. Para os que creram em Jesus como único e suficiente Salvador e Senhor, será uma glória. Mas para aqueles que não se arrependeram e viveram uma vida que não condiz com as verdades bíblicas, será um tormento. Eu gostaria muito de estar entre os servos de roupas brancas que foram alvejados no sangue do cordeiro durante a tribulação, mas não sei se vai dar...

Mas se o mundo acabar hoje? Se seu mundo acabar hoje? E se não durarmos até 2012? A bíblia fala que só o pai sabe o dia e a hora. Não há como prever, ou pensar como DEUS.

AGORA o vi como eu sou as vezes...to desenhando, e quando vejo q saiu tudo errado amasso a folha e jogo fora...Deus fez o desenho, q não deu certo, aí ele molhou a folha, pode ser q agora ele queime. Vai saber...
Karol Flegler