quarta-feira, dezembro 22, 2010

Louvar pq?


Recebi de um amigo meu um e-mail que me chamou a atenção. Dizia mais ou menos assim:
A igreja com passar dos anos mudou sua forma de adorar. Nos anos 70
cantávamos uma vida com Jesus, convidávamos as pessoas a conhecer Jesus
(EX: Conheci um grande Amigo, ele é filho de Deus pai...). Já nos anos 80, cantávamos a soberania do Senhor, exaltávamos Seu nome (EX: Jesus te entronizamos,
declaramos que És Rei...). Chegando nos anos 90, pedíamos Seu
perdão pelos nossos pecados, queríamos ser renovados ( EX: Renova-me
Senhor Jesus...).Agora a partir de 2000, vimos invadir as igrejas musicas as quais diziam que queriamos as bençãos que Ele prometeu, não sairíamos sem receber o que nos era direito, muitas vezes cobramos isso de Deus, cantamos muito sobre o Deus
que da a benção e não o Deus que da a Salvação (Ex: Restitui, eu quero
de volta o que é meu...).

Não quero ser polêmico quanto a ultima citação e longe de mim, fazer qualquer critica aos compositores, mesmo porque só eles e Deus é quem sabem a real intenção da canção. O que eu quero é enfatizar que certas letras nos remetem às coisas que talvez não queremos dizer. Por mais que pensamentos passem em nossas cabeças, nem sempre podemos externá-los através de refúgio em um molde que não cabe num contexto inadequado. Em Salmos 150 (preferível que leia) temos a instrução perfeita para o nosso louvor; “... louvem-no pelos seus feitos poderosos, louvem-no segundo a imensidão de sua grandeza.” (Sl 150. 2). Nesse Salmo em momento nenhum, li que devemos louvá-lo pelo que ele há de nos dar ou o que há do nos fazer, pelo contrário, ele nos exorta a louvá-lo pelo o que ele nos fez! Deu-nos o fôlego da vida, nos chamou de seus filhos, nos deu a vida eterna.
Mas se tem uma coisa que eu aprendi nessa minha vida foi que Deus é quem deve controlar o que é melhor pra nós, o que ele quer nos dar, e não ficar com pirraça “esperneando” por não ter o que a gente quer. Só lembrando que a gente, pela nossa natureza pecaminosa merecia o inferno, se de fato ficarmos exigindo o que nós merecemos, isso poderia causar complicações sérias. Mas Deus em sua infinita sabedoria sabe o que é melhor para cada um de nós. Essa palavra pode parecer apenas para instrumentistas e vocalistas do Senhor, mas não é! Temos que aprender a adorar o Senhor, seja qual for à circunstância povo de Deus.

Roberto Balbino

terça-feira, dezembro 21, 2010

ARTES


Eu já disse que vou parar de reclamar da vida, neh?! Então vamos escrever. Nesse fim de período foram muitos trabalhos e escrevi bem pouco, talvez por isso no dia de hoje me veio uma vontade imensa de não mais existir. Mas aí eu penso: “Como sobreviverão sem minha ilustre presença no mundo?” Aí lendo o jornal de hoje, mais precisamente, a gazeta, no artigo do Arnaldo Jabor, percebi que há esperança para o mundo. Não que eu tenha gostado inteiramente do artigo dele, mas que algumas coisas são boas, mas como ele mesmo disse, ele não é critico de arte, e embora ele não tenha estudado arte é um cara inteligente pra expor opinião, e a dele é muito parecida com a maioria da população brasileira. O que acontece é que é a mesma pergunta há séculos: “O que é arte no mundo de hoje”?!
Bom então, concluí o 2° período do curso de artes visuais com boas notas superando em muito o fracasso do primeiro período. Minha consciência relacionada à arte mudou um tanto pelo tanto de texto do Fussler e do Walter Benjamim que eu li, mas artisticamente falando e me avaliando pelos comentários do Jabor sobre a bienal que eu não fui, eu vejo que estou no caminho certo.
A arte não pode ser óbvia por isso ela traz reflexão, mas ela não é só protesto contra a beleza, precisa ter consistência em seu discurso, e também não é só entregar um portfólio de fotografia ou desenho, é pensar isso.
Quando O Jabor critica a bienal, devo admitir que embora eu não tenha ido e visto as obras, imagino e pelo que li, muita coisa FOI o de sempre. E vi isso acontecendo com trabalho de alunos no campus, temas como “planeta, conhecimento, fluxos etc”... SÃO temas que já deram. VAMOS fazer algo realmente novo?
Quando eu digo que há esperança é que penso nessa nova forma de arte e como ela não é aceita, vivemos num período de transição louco em muitos sentidos, e essa transição tem feito da arte e dos artistas seres até ridicularizados quando outrora foram seres tão comuns ou em tempos diversos, seres que fizeram o mundo girar. Mas e os de hoje? Só fazem o que?
É PRECISO REPENSAR A ARTE.
Karol FLEGLER.

sábado, dezembro 11, 2010


Éramos eu e você contra o mundo.
Andar a cavalo, banho de rio.
Pescaria e alimentar os porcos.
Éramos eu e você e o pé de jabuticaba.
Éramos nós todos num opala voltando de Minas.
Dormindo em Hotel.
Éramos nós rebocados por um fusca.
Éramos eu, vc e mamãe discutindo minha humildade de onde vinha.,
Era você tentando me fotografar. Vamos pintar a rua?
Raspar a cabeça.
Ouvir música cigana e dançar.
Éramos nós e a sua mesa do trabalho com fotos nossas.
Éramos eu você e o banco da rua.
Era só o céu, as estrelas.
Era só.
Agora eu sou só.
Só eu contra o mundo.
Pescar a humanidade
Andar a pé
Dormindo onde der
Eu procurando a humildade
Eu fotografando
Eu pixando a rua
Eu e a mesa sem fotos
Não tem estrela.
Karol FLEGLER

sexta-feira, dezembro 10, 2010

IMEDIATAMENTE - LEIA


Bom, então estava pensando numas coisas. Esse negócio de envelhecer está me dando medo. Mas não é disso que quero falar. Não... não. É é de uma coisa...IMEDIATA. Estou com esse vírus, esse imediatismo contemporâneo. Essa doença que raramente encontram cura. Essa coisa de fazer tudo às pressas. Estou fazendo tratamento, auto-análise. Arte ajuda. E como!
Vou explicar, ok? Houve um movimento artístico, o minimalismo, onde menos é mais. Adaptei-me. Foi instantâneo. Mas afundei-me nessa concepção de que quanto menos tempo eu gasto mais eu faço. Não faço bem. É isso. É nisso que pensei no final desse período, ou gasto tempo fazendo algo pra que meus trabalhos saiam bons, ou não os faço bem. Do mais, fui na Saraiva ontem, folheei um livro de aproximadamente...umas mil páginas, folha por folha, imagem por imagem. Há quem diga que é falta do que fazer, mas quem me conhece sabe, vivo carregada 24h e não paro nem pra tomar água. O que aprendi é que pra se fazer arte de fato, tem que ter tempo e muita paciência. Não é saco, como costumeiramente eu digo, é paciência.
Em uma aula de desenho, conversando sobre o panejamento da Pietá de Michelangelo, o professor observou que o que era importante pra considerar era o TEMPO, anos e anos fazendo a mesma coisa. Nisso consiste a perfeição: tempo+paciência.
Já dizia... “Quem tem pressa come Crú”.
Roberto disse ontem... se tah demorando tanto, é pq qndo vier...virá perfeito. Vc sabe do que to falando.
Não me reconheço mais. Até nomeando os arquivos no meu PC estou. Fazer arte faz bem.
Karol Flegler.

segunda-feira, dezembro 06, 2010

ee saco...

ENTÃO. DEVO. ATUALIZAR O BLOG. Pensei em algumas coisas pra essa semana aki no blog, pensei em escrever porque to com raiva. Pensei em escrever sobre algo inteligente, de forma inteligente. Então vou resumir esse ano. É... fiz o mesmo no ano passado.Ah não sei.
Enquanto mamãe fala sem parar... é... Ela não para.
Pressão. Aquele martelar insuportável, peso “incarregável”. Dá vontade de fazer o que? Sumir!
Sobre o que?
Ker ver todas as fotos que ainda guardo? Não estou preparada para outro relacionamento sério, ok? Imagina eu ter q ter tempo pra ter um D.R? Imagina meu saco pra ter ciúmes? Pra fazer todas as coisas que minha mãe manda quando eu to namorando, faça comida, limpe a casa, é assim que você tah namorando?
Seria mais um inferno.
Atender todas as exigências de um novo namorado: vamos sair? O que você quer fazer? AH não escolhe você, ah não, isso não!
“Mas eu não sei o que é pior, se é viver tudo isso ooooou se é agüentar todo mundo enchendo meu saco:” afinal, porque vc não namora?”
Cansei.
K

domingo, novembro 28, 2010

ONE LOVE

Então, ONE LOVE começou semana passada e muita coisa já temos pra contar! Mas quero falar de um cara que não sai da minha cabeça! Bom, então hoje fomos apresentar o projeto no Bairro Eurico Salles – Serra, e já de cara nos apaixonamos pela irmãzinha que muito nos agradeceu por irmos lá e talz, cara...tem noção? Só conversando com ela. Abrindo um “ASPAS” (COMO DIRIA CAROL), ainda escreverei sobre as pessoas que conheci nessa vida que me fizeram chorar de olhar uma vez só. Mas voltando ao assunto, a igreja nos acolheu bem d+ e fomos pra batalha.
Depois q eu gritei no palanke... que os meninos dançaram e interpretaram... veio a parte boa, falar de JESUS CARA A CARA! Bom aí tinha um homem... meio quarentão, tatoos, parado e olhando, eu havia dito que as pessoas de camisas coloridas iriam procurar a platéia pra bater um papo...e depois que os grupos se dividiram ...bom...não havia ninguém pra falar como ele. VC acha que ele foi embora? Eu senti, ele ia ficar ali até alguém falar com ele. Quando o irmão Fábio e duas gurias desocuparam, fiz sinal pra eles irem lá... e num é que era? O cara disse que já havia tentado se matar muitas vezes e que era usuário há 12 anos, e ninguém melhor do que FÁBIO que tbm já foi pra falar do amor de Deus, e de como JESUS pode transformar...
Então ...eu pensei, se esse projeto ... bom...se durante todas as apresentações ninguém se converter e ... sei lá... ele ..esse cara se converter e entender a mensagem...valew os 5 meses de preparo e ...muita tinta verde.
Falando em DEUS, vc não acha incrível qndo se encontra com outra igreja e tudo faz sentido?

Karol FLEGLER

sábado, novembro 27, 2010

game over.

Jaci reclamou que tenho escrito pouco, mas é que me falta um tanto de tempo, não que escrever seja fútil, mas que outras coisas são mais urgentes e pensar têm sido uma constante guerra. O que vou dizer hoje? Não há muitas filosofias hoje. Quero esvaziar-me de umas coisas aí. Poderia falar de imagens técnicas que é o tema do trabalho de multimeios, falar sobre a felicidade QUE é do que SE Trata meu trabalho de escultura, mas não to afim, me veio até uma idéia para escrever sobre a guerra, mas não to pronta ainda. É, eu sei...li muito durante esses anos todos, vi uns filmes, revistas e tc... mas não é o bastante, afinal, foram 5 milhões de JUDEUS com histórias diferentes. Bom ... então aguardo por Jaci ...ela vai me trazer filmes pra eu passar a noite distraída e Carol me ligou há pouco e virá pra cá... e terei que ouvi-la sobre os problemas que teve no trabalho e também na igreja... e ela também vai falar sobre o namoro frustrado que durou 1 mês e que já faz anos que acabou, isso é vida? Tah ...eu zoou ela mas... eu sei q é duro viver essas coisas. Então antes de decidir sobre o que eu vou realmente falar que estou bem, talvez eu não atenda o cel hoje.
Não, você não sabe o que se passa na minha cabeça. E isso é o mais legal. Eu usava um sobretudo. Você ria (CAROL CHEGOU ... 20H... ALGUNS MINUTOS)
É...do que eu tava falando mesmo? Então ela chegou e logo em seguida Jaci e Lucas passaram aqui e deixaram uns filmes pra nos distrairmos. O GOD. ELA dormiu em 5 min. E tah lá agora ...que já é 1h da madrugada. Ah e Rodrigo tbm saiu há poucos...mas não antes de me confirmar que VINICIUS ESTÁ NAMORANDO COM MARIANA.
E ATÉ onde eu sei isso parece com a verdade. Não quero precipitar as coisas..mas isso é quase uma carta de despedida, o mundo nunca mais será o mesmo!
Eu falei mundo?
O mundo acabou! GAME OVER.
Karol FLEGLER

sexta-feira, novembro 26, 2010

COMO se não bastasse em mais um fim de período.



Eu, quando fazia curso técnico de Design Gráfico, sempre reclamava dos trabalhos de fim de semestre, matava aula, fazia tudo em grupo, fazia o que todo aluno “revoltadinho” faz. Bom, pra melhorar minha situação, agora na Universidade, tenho mais quatro anos, quatro fins de período, cinco matérias por semestre, isso quer dizer que tenho cinco projetos finais 15x pior do que era no curso técnico. Logo, tÔ pensando em me jogar do prédio onde tô, porque tem muita coisa pra fazer e eu aqui escrevendo, e pq tô aki e não tô fazendo o que deveria? Pra começar, pq eu sou viajante e esqueço de carregar os arquivos do meu PC no pen, eu to no laboratório de informática já que o restante dos alunos não vieram pra aula de desenho, eu deveria entregar meu portifólio hoje, mas não rolou. E pq os alunos não vieram?
No espírito Santo, meu querido e pacífico estado, há uma greve do sindicato dos rodoviários que brigam por aumento de salário e mais uns adenos aí... Com a greve muita gente tem ficado em casa, no caso dos estudantes, aproveitando pra terminar os trabalhos de fim de período, mas isso só vale pra quem faz arte Qunado não há provas. Bom DAÍ PRA melhorar... a população, a mais prejudicada nessa história toda, resolveu deixar de ser coadjuvante pra ser protagonista desse teatro todo que é a vida de pobre. Daí que pow... QUEIMARAM ônibus em Cariacica. Eu estava realmente pensando: “Será que ninguém vai protestar?”, assim como é de direito fazer greve, é direito manifestar opinião. Mas a pergunta é do Célebre CHARLES Xavier dos X-MEN. Como DEFINIR o que é um padrão ético? Até onde vai?
VEJAMOS.
Se eu faço greve de comer feijão, (tenho esse direito, certo?), minha mãe fará um protesto, não me deixará comer batata frita, (tbm é direito dela). Talvez não seja um bom exemplo pq eu devo obediência a minha mãe, mas enfim. Quando os limites éticos ultrapassam o próximo como individuo é que nos encontramos com o problema. Meu exemplo não é bom pq estou falando de um único ser, e de mim mesma, não atrapalho a ninguém se não comer feijão, em compensação minha mãe atinge o mundo todo quando não me deixa comer batata, é uma coisa que fará muito mal a humanidade, meu humor altera, eu fico realmente com raiva.
Então o limite da ética, pra mim, é o todo. Quando isso atinge o TODO, passou dos limites. Quando passa a atingir quem não tem nada haver e porque já passou dos limites. No caso da greve e das manifestações é o oposto. A greve atinge a todos e a quem não tem nada haver com a relação empresa x funcionários. A manifestação atinge a empresa que não sabe resolver a merda do problema com os funcionários.
Pra FINALIZAR, minha mãe me ligou desesperada pra eu ir embora da UFES pq queimaram os bus... isso foi há km de distancia de onde estou, isso tah me deixando super stressada. Gente, eu to em fim de período neh?!
Karol FLEGLER

quarta-feira, novembro 03, 2010

Para ViníciUS Medina

Let’s go!
Eu estava realmente pensando na língua portuguesa e em como eu a uso de forma inadequada. Pensamentos do dia...
Usa-se hífen. Não usa hífen. Aprendi que para palavras paroxítonas usamos acento das palavras que terminam em USEI UM LIRÃO XNPS DITONGO ABERTO, para proparoxítonas acentuamos todas e para oxítonas terminadas em AEO seguidas ou não de S.
Eu demorei anooooos pra aprender isso e agora quando finalmente vou usar tah errado.
Outra coisa, vai ter língua complicada assim lá... em Portugal. Foneticamente, as palavras com mesmo som se escreve de maneira diferentes e palavras sons diferentes se escrevem iguais.
Pow... é dmais pra minha cabeça. Pra fugir disso tudo inventaram a língua da NET, \o/. Então, poucos são os que se preocupam em escrever certo quando estão no bate papo...mas tem erro que dói de ver. Então...filosofando..compreendi que se mudaram as regras da língua portuguesa, nosso querido Machado de Assis escreveu errado.
A fora isso, daki uns 10 anos, gírias como: VEY, CARA, BICHO serão pronomes de tratamento. Palavras como: nogoço, coisa e outras mais serão verbos.
Então vejamos a evolução da palavra VOCÊ. Pelo menos de onde eu lembro.
VOSSA MERCÊ, VOS SUNCÊ, VOCÊ, CÊ E C TAH ENTENDENDO?
Nossa língua é tão rica que nos sobra palavras.
Pra que serve essa tal “saudade”?
Falando em língua, amanhã Vinicius faz 23 anos. NÃO VOU COMENTAR.
Karol FLEGLER

quinta-feira, outubro 28, 2010

Pois é ... você veja muito bem... Eu sonho. E as vezes é confuso mas nessa noite foi claro, aliás...hoje de manhã. Primeiro eu sonhei que a velhinha da novela passione era minha avó e tava sendo perseguida, éramos ricos e vivamos numa casa chiquetérrima que dava de frente pra uma praça liiiiinda... Como eu sabia q ela tava sendo perseguida... encontrei a seqüestradora e mandei prender. “ki poder”... mas engraçado ou não...melhor foi o segundo.
O segundo...

Estávamos todos nessa casa freudiana, qndo de repente recebemos a notícia que devíamos vazar pq o fim do mundo tava acontecendo, fui correndo arrumar minha bolsa de viagem, e eu tinha um quarto muito bem arrumado (só em sonho mesmo). Arrumei tudo. Quando saíamos a rua estava pegando fogo.
Quando eu acordei lembrei de Sodoma e Gomorra.
É claro que pra Ló e sua família eles tinham mesmo que colocar as roupas nas malas etc e tal ...mas quando vier a notícia que o mundo JAZ...fih não adianta fazer mais nada. Quando Jesus voltar, já era.
Karol Flegler

quarta-feira, outubro 20, 2010

domingo, outubro 17, 2010

FOrgive me God.

Respeitável público...
Uma salva de palmas. E pra quem?
Por favor mais forte! Mais rápido, o melhor que puder até que saia sangue pelas mãos.
Levantem-se, aplaudam de pé.
*Perdi a razão no momento que me indignei.*
Quem salva nem é o mais importante, nem mesmo o que sangrou pelas mãos. O mais importante é o lugar onde o rei vai estar, se na barriga ou no coração, é pouca distância, talvez um palmo ... mas se tem muitas palmas fica mais distante.
Levantem as mãos. Que seja uma! Juntem os pés. Usem também dois SS.
“Se Salve”
Se Surpreenda
Se SEJA.
O Som é doce pra ser mais fácil. A cor é rosa pra ser “im-pensante”
A cara é limpa pra ser aceito, o sorriso é fácil de conseguir é só rir.
Respeitável público.
Ops, estamos de costas pra pessoa errada.
Karol Flegler...
É eu sei, minha mente é perturbada e eu to muito p..........

quarta-feira, outubro 13, 2010

Em fervente Oração

Não sei, mas ontem quando me encaminhava pra Igreja ouvi essa música sendo cantada numa igreja...e senti que devia ouvi-la toda qndo chegasse em casa, quando enfim cheguei, minha vizinha estava cantando às 22h20min. Senti que devia externar. Talvez seja pra você. Mas ainda sinto que devo GRAFAR uma palavra.

Em fervente oração, vens o teu coração
Na presença de Deus derramar
Mas não podes fluir o que estás a pedir
Sem que TUDO abandones no altar.

Quando TUDO perante o Senhor estiver
E todo o teu ser Ele controlar
Só então hás de ver que o Senhor tem poder
Quando TUDO deixares no altar

Maravilhas de amor te fará o Senhor
Respondendo a oração que aceitar
Seu bondoso poder te virá socorrer
Quando TUDO deixares no altar

Se orares, então, sem que teu coração
Goze a paz que o Senhor pode dar
É que Deus não sentiu que tua alma se abriu
TUDO, TUDO deixando no altar.

terça-feira, outubro 12, 2010

QUE CRIANCISSE! A CRIANÇA ERA EU.


É dia das crianças... eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee ... Ninguém me deu presente! Poxa :( só minha irmã que chegou de viagem e foi me importunar na cama às 7h da amanhã. Isso não é presente. Sobre o que eu vou dizer hoje? Imagina????????
Antes preciso contar... Houve um dia das crianças muito marcante na minha vidinha. Eu tenho um primo, que quando eu era criança ele já era velho, mas hoje ele continua com a mesma cara de 15 anos atrás...mas ok, esse primo sempre dava presentes pra mim e pras 5 crianças da rua. E, acredite, não era “lembrancinhas” eram presentes, e as vezes muito caros. Dado este dado importante, houve um dia das crianças que ele me deu uma máquina de costura Singer "freudiana". Vey, ERA TOP DO MOMENTO. Pras outras meninas ele deu Barbies e pro meu irmão...se eu não me engano, uma coleção de 200 carrinhos e uma cidade...sei lá... Não me lembro o que meu pai estava fazendo nesse dia, só lembro que quando ele chegou me trouxe uma bonekinha que se apertasse falava “i Love you”. Eu recebi e fiquei muito feliz, não pelo presente mas pelo meu pai, que nessa hora começou a chorar ao ver o presente que meu primo que também era primo dele havia me dado. Ele chorava, e eu não entendia, e quando ele disse que era porque o presente do meu primo era melhor do que o dele imediatamente fui devolver o presente que ganhara do meu primo. E é claro que ele não aceitou, mas o que EU IA FAZER??????????????????????????????????????????????????????????????????????
“QUE CRIANCISSE!” A CRIANÇA ERA EU.
Se eu me lembro bem, papai ficou de cara feia muito tempo. Eu amava meu pai, não queria vê-lo triste, estava disposta a perder qualquer coisa pra ele se sentir bem. E cá entre nós, crianças são egoístas pra pensar assim, mas eu fiz.
O que isso tem haver? Talvez nada, mas deu vontade de contar.
Pv 22.6 “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.”
E qual é esse caminho? Bom, ensinar a ir pra um bar e te ver bebendo não é o caminho certo, mas quando ele crescer é nesse caminho em que ele estará. Ficar em casa no domingo em vez de levá-lo a igreja também não é bom, quando ele crescer, não vai se desviar, vai ficar em casa mesmo. E assim sucessivamente. O que quero dizer é que o caminho que vc ensinar é o que ele vai percorrer. Mesmo que ele seja errado. Não poderia deixar de citar o que Lewis disse sobre educação em “A abolição do Homem”...
“Produzimos homens sem peito e esperamos deles virtudes e iniciativa. Caçoamos da honra e nos chocamos ao encontrar traidores entre nós. Castramos e exigimos que sejam férteis.”

Todas as nossas ações rebaterão em nossas faces, como socos, tapas ou carinhos.
Pense.
Ah sobre o meu pai, não importava o que Ele fazia. Eu o amava.
Karol FLEGLER

sábado, outubro 09, 2010

PINHOLE E BOA FOTOGRAFIA

Enquanto não abro a trolha o “Word” não consigo escrever. É um vício ter uma folha em branco. Aliás, falando em folha branca, vamos contar, comentar e pensar sobre os últimos “causos” do mês. O curso de Artes além de tirar meu sono, literalmente, me tira grana, paciência e muitas outras coisas, mas traz consigo uma carga emocional e psicológica muito grande. ESTUDO ARTES. AULA DE FOTOGRAFIA.
A professora deu um exercício muito simples, fotografe com câmera analógica.
Mas, pow, peraí, fotografar assim? Sem o óbvio? E o q? e qm? E como assim eu não vou ver a fotografia na hora e não vou poder descarregar e postar no Orkut? FOTO GRAFAR?
A experiência não foi lá essas coisas, fotografia artística é diferente da publicitária, da jornalística, é fotografia no 3° sentido. Isso me fez refletir, não dá pra “se fotografar” com a Analógica, não dá pra gastar filme assim. Fotografar pessoas? Talvez. Mas todo mundo fotografa gente. Aí filosofando um tanto, antes as pessoas faziam fotos pra lembrar, pra guardar, eternizar, os mais antigos tiravam fotos dos mortos parar ter lembranças dos falecidos, nesse sentido a foto tem um função mórbida mas, ainda assim, uma boa função.
Hoje as pessoas tiram fotos toda hora, postam, tiram, manipulam, mentem e estão lá as imagens produzidas com um propósito diferente de quando ela foi criada, é pra mostrar, se mostrar. Ter uma foto é normal, só não é normal não ter uma foto. Como assim, neh?! O que me preocupa é essa produção, que na maioria das vezes, não tem qualidade. É só um rosto, ou vários sorrindo.
Diante dessa palhaçada toda...consegue se imaginar sem atualizar seu álbum?
Aí que a professora ensinou-nos a fazer “Pinhole” uma mecanismo fotográfico feito com uma latinha de alumínio com um pequeno furo pra entrar luz queimar o papel fotográfico, e depois levá-lo ao estúdio pra revelar. Eu só tinha 7seg pra fazer a bendita imagem adentrar pela lata queimar o papel, na verdade quem havia de entrar era a luz. Um único momento, uma única oportunidade. Havia de ser a fotografia, uma imagem boa.
O fato é que essas imagens que são produzidas não são arquivadas adequadamente, de modo que, estão a beira de se tornarem descartáveis, não há uma álbum impresso, as gerações futuras as verão? Parece que não. Se essas imagens não estão em papel, guardadas há uma grande probabilidade de se perderem com o tempo.
Pra fazer uma boa foto tem que pensar.
Karol FLEGLER

domingo, outubro 03, 2010

A palavra de hoje é INFLUÊNCIA.

Ok, já faz tempo que não posto nada, mas de uns dias pra cá tem me vindo essa palavra na caixa preta e hoje, finalizou um idéia.
Só um minuto pra colocar a música que to ouvindo...
“Sei que na sala do trono está eu quero ir pra lá”
Queria tanto que JESUS voltasse logo, mas voltando ao assunto...
DESCOBRINDO PALAVRAS – Influência (latim medieval influentia, -ae)
s. f.
1. Acto! ou efeito de influir.
2. Influxo, ascendência, preponderância.
3. Acção! que uma pessoa ou coisa exerce noutra.
4. Entusiasmo.
5. Acção! exercida pelos astros nos corpos sublunares.
6. Fís. Acção! dos corpos electrizados! exercida nos outros corpos.

OK, então. ESSA semana encontrei com um brother da facul nos “corredores”, perguntei a respeito de seu trabalho relacionado a uma matéria, ele disse que havia mudado os planos e que foi pesquisar sobre o Lewis, o cara eu eu havia falado na aula, o trabalho dele vai ser de um texto desse cara.
Hoje, Débora Rezende Sant’ana, pregou e em seu sermão usou o texto de Paulo que fala: “Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo”. Ela usou umas palavras bem características, como “cara”, “tipo assim” e pra FINALIZAR ela disse: Jesus é o cara. DEVO lembrar que ela tem só 10 anos? Ok, me zuaram, neh? Afinal de contas quem é defensora da gíria como nova língua?
Eu tenho uma birra com Paulo, isso é fato, o cara tem que ser mesmo muito bom pra dizer: “Ei olhem pra mim, pq eu sou ki nem JESUS”.
Outra coisa foi um vídeo que passou sobre escola bíblica, tipo, do cara que “inventou” a EBD.
Isso tudo me levou a reflexão.
Quem eu tenho sido a ponto de influenciar as pessoas? E quanto as pessoas são influenciáveis?
“Usando o 6° ponto do significado da palavra...” 6. Fís. Acção! dos corpos electrizados! exercida nos outros corpos. Aí eu lembro do episódio do chaves quando seu madruga toma um choque e os que encostam nele tbm vão tomando choque. A vida Cristã tem que ser assim, e se não for, se não formos um condutor da energia (eu falando de física?) então pra que estamos mentindo? Pra quem?

Karol FLEGLER

sábado, setembro 25, 2010

beatiful lie


OKok... Eu tenho problemas, todo dia alguém me diz isso, ou pergunta se eu fumo maconha. Eu tenho q dizer:”pow, tenho cara mermo neh?!MAS não não...sou a mais normal da minha família, (e, infelizmente, é verdade). Mas isso não tem “nadavê” com q vou falar.

Eu tenho problema em usar umas coisas, por exemplo, Photoshop. Tem noção de quantos cursos eu fiz? Kkk Fiz há 500 anos quando fiz “informática”, fiz nas lojas de fotografia onde trabalhei e fiz na contec ... e me morro pra fazer algumas coisas no escritório, tenho dificuldades, mas não é só pq eu tenho dificuldade de aprendizado, é pq é psicológico, e eu descobri isso sozinhaaaaaaaaa! Não fui ao psicólogo. É pqpqpq?

Pq photoshops é uma mentira. É isso aí mesmo! Manipular, “acertar”, filtros e mais um monte de mascaras. É MENTIRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. LOGO, QUEM INVENTOU O PHOTOSHOPS?????? O ZIZA! LOGO, NÃO CONSIGO APRENDER a mentir, não assim descaradamente. Esse fazedor de mentiras vem infectando o mundo e gerando imagens e essa produção exacerbada contamina os seres humanos, e suas imagens são tão importantes que são incapazes de olhar além delas... Estão presos pela mentirosa imagem virtual. Já não se sabe mais.
Ki modo de mentir mais disfarçado, neh não???????!
Karol Flegler

segunda-feira, setembro 20, 2010

vou te ver?

So, era pra eu ter escrito ontem, mas fiz tanta coisa que ...não deu.
O que eu vou falar? O que você acha da ETERNIDADE? Bom o meu professor disse que é uma coisa meio sem noção, onde não teremos que tomar decisões a curto prazo, pois teremos a eternidade toda, teria um sempre “deixa pra depois”, afinal de contas...teremos o resto da vida. LITERALMENTE.
LEWIS, escreveu um livro muito legal e fininho a respeito disso, é o GRANDE ABISMO, que descreve uma visão meio única do céu, nem todas as pessoas estarão no céu pq simplesmente não querem estar, não vêem motivos pra estar, não pq preferem o inferno, mas pq são indiferentes aos dois. E o q há de errado em não crer que haja o céu ou inferno? Muita coisa, afinal, não se importar já quer dizer q não estará no céu.
Quanto ao céu, tenho uma visão muito única tbm, além de tudo que a bíblia descreve metaforicamente, eu vejo o céu como quando estamos em nossos retiros, não querendo ir dormir, porque é muito melhor estar na companhia de pessoas, comendo uma comida muito boa e além disso tudo, aprender muitas coisas sobre DEUS e sobre seus mistérios.
Então quem não sabe como é a vida eterna no céu é pq não foi em retiros, ou passeios ou foi em um culto onde o próprio DEUS falou. E o inferno? É o oposto.
Bom, tem uma música que eu gosto muito, e ela me faz pensar em muitas coisas, inclusive como será no céu. Eu passaria a eternidade toda só deitada no colo de Deus ou até mesmo o olhando de longe, meio que escondida.
Certamente, gostaria de encontrar com LEWIS, George MC Donald, Lutero, Martin Luter King, Pedro e João. Sem dúvidas gostaria de encontrar com irmã Marlene. Mas eu encontraria VOCÊ?
KAROL FLEGLER

segunda-feira, setembro 13, 2010

Constituição brasileira de 1988
Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
V - o pluralismo político
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença
Art. 220º A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.
§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

domingo, setembro 12, 2010

Sobre esperar em Deus.


Vou escrever muito rápido pq tenho q ir pro culto!
Bom, durante um tempo venho pensando nesse lance de “vontade de Deus”, pra mim é difícil compreender, pq? Pensa comigo...a Bíblia diz:
“E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Rom. 12:2
Pense na última parte do vers “boa, agradável e perfeita”, cara eu sou imperfeita ainda não dá pra sacar essa da perfeita vontade de Deus. MAS TAH..Só uma pqna filosofia pra dar início ao que vamos falar. Esses dias eu tava pensando em minhas filosofias matinais que esperar em Deus é que nem esperar por ônibus, tipo, cê fica uma cara no ponto e quando vem, vem cheio, daí que pow, não gosto de pegar bus cheio, ah e tem outra, meu irmao quando andava de bus só pegava ônibus se fosse dos “novos”, ou seja, eu espero um bus vazio pra escolher o lugar pra sentar, nakela cadeira única onde ninguém vai me incomodar. É tipo isso. Esperar em Deus é esperar o melhor.
Daí q pah, compartilhei esse pensamento pra lá d sem noção com Taty e Nanis. Elas foram mais além...
- Mas Kah, vc tah esperando pelo transcol?????? Eu quero um EXECUTIVO!!!
Tudo bem que essa pala tem duplo sentido mas tipo, é isso mermo pow! Esperar em Deus é esperar pelo melhor, mais confortável, em outras palavras esperar pelo MAIS MELHOR DE BÃO, JÁ que a vontade d’Ele é boa, agradável e perfeita!
Do mais...gostei dessa, mas aí Jaci falou q quer passar a lua de mel num navio,e me chamou a cara de pau!Mas ok, só pra esnobar o lance dela q é mó massa! Mas daí que pow...pra ela ...tipo tah esperando um navio, taty um executivo ...assim como Nanis... MAS E EU????????????
HAHAHAH OKOK...VAMOS PRO CULTO!
Karol FLegler

quinta-feira, setembro 09, 2010

sobre usos...


Acho que já foi o bastante pra galera toda acessar o blog e ver as matérias do jornal, neh?! Evitei escrever essa semana por isso, mas até que foi bom. Hoje tivemos reunião do ministério de teatro e como sempre, Deus fala. Do mais gente, é isso. Quando Ele fala a viagem é doida! RS Ok vamos lá!

Eu trabalho lá no escritório de design e lá é (ficou menos poético esse termo) representante de uma marca mundial de canetas esferográficas. Punto e basta.
Todo mundo usa caneta neh não? Tipo, quando somos crianças somos loucos pra usar caneta logo, pq parece que somos grandes e maduros pra usar caneta, isso pow, quer dizer oq? Q caneta é coisa de gente grande usar. Agora...quando a caneta FALHA, dá uma raiva...vc risca com mais força...esquenta com a mão, faz todo um esforço pra que a caneta volte a funcionar, mas não joga ela fora rápido, certo? Eu tenho 50 000 canetas na bolsa... e qndo to no tel, qndo tem alguém falando, o que eu faço? Escrevo, rabisco desenho...
Agora vc veja muito bem.
Não dá pra usar caneta falhando ...se vc ver que ela não funciona, oq c faz? Joga fora.
VC É UMA CANETA. Não dá pra Deus te usar se estiver falhando, Ele vai tentar de todas as formas pra vc voltar a funcionar, mas e se vc for um teimoso? Bom, ele não joga ninguém fora... ele deixa lá, mas um dia... Lembra qndo vc fazia limpeza no estojo? Jogava ponta de lápis fora...canetas não funcionando etc... vai ser mais ou menos assim... um dia ELE vai fazer a limpeza.
Karol Flegler

segunda-feira, setembro 06, 2010

sábado, setembro 04, 2010

Fazemos jus a nossa data!

POR Daniel de Rezende Sant’Ana

No calendário batista podemos ver a presença de várias datas especiais, com vários tipos de programações diferentes. Temos o Dia do Pastor, da Mulher do Pastor, passando pelo da Ação Social Batista, até chegar o Dia da Bíblia. Contudo, há um dia que, por muito tempo vinha sendo “deixado de lado”, e não era (ou não é) comemorado ou sequer mencionado com o mesmo entusiasmo que as outras. Estou falando do “Dia do Adolescente Batista”, que este ano fora celebrado no dia 1º de agosto. Mas, para felicidade geral da pequena, porém, unida, nação adolescente, ISSO MUDOU!

Sim! Principalmente dentro da minha igreja, onde tem sido notório o crescimento espiritual da galera, não só no sentido de ler a Bíblia ou frequentar os cultos, mas também em perseverar na idéia de estar conectado com Deus. De uns três anos pra cá, os adolescentes têm cumprido com alegria e de todo o coração as suas responsabilidades na igreja.

Os dons não têm sido enterrados! Pelo contrário, como pudemos ver no domingo (01/08), uma geração de escritores, músicos, pregadores, dirigentes e até carregadores de gazofilácio (pra quem não sabe, é aquela paradinha onde são colocados os dízimos e as ofertas) se levantaram para dar continuidade à obra do Senhor e fazer jus a data.

Vejo a simplicidade, disposição e o zelo que cada adolescente tem para andar na contramão do que o mundo oferece. Estamos cientes sobre o que a sociedade tem pregado a nosso respeito, mas não estamos nem aí, pois sabemos fazer a diferença!

“Todavia, como está escrito: Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam” (I Coríntios 2:9)

Jovens batistas fecham o mês de agosto com chave de ouro!

O retiro dos jovens, que aconteceu no penúltimo final de semana do mês, fez com que a juventude regressasse ao Primeiro Amor.

Por: Thainná Karina


Todas as quartas-feiras e domingos (manhã e noite), do último mês, foram os jovens que estiveram à frente das programações da IBCNB, exceto, o primeiro domingo, que foi comemorado o Dia do Adolescente Batista. Isto devido agosto ser o mês da juventude. Dispostos a servir ao Senhor, todos os que receberam o convite para dirigir os cultos ou pregar, obedeceram e fizeram bonito lá na frente. Os que se achavam tímidos, a ponto de imaginar que não dariam conta do recado, puderam entender o seguinte: “Quando Deus chama, Ele capacita”. E foi assim! Deus usou a vida de cada jovem que Ele escolheu, para transmitir sua palavra.

A ansiedade veio? Acredito que sim! Lógico, neh!? Até para eu escrever aqui, para a minha igreja, me dá aquele friozinho na barriga, imagina você lá na frente, falando para 200 pessoas?! Mas vida de crente é assim mesmo. Se “tá” na unção, Deus levanta mesmo para falar à igreja, e foi por isso que muitos nem relutaram e foram logo obedecendo ao chamado.

Um casal que surpreendeu a igreja foi Fran e Júnior. Quem diria que este jovem senhor, que quase não fala, soltaria sua voz para umas 100 pessoas que estavam presentes num culto de quarta-feira? E sua amada esposa, que esteve à frente da programação?! Assim como o Senhor levantou Moisés, para que ele falasse conforme orientação divina, da mesma forma, estes dois jovens foram usados para falar à congregação.

Outros casais também foram usados, como Jennifer e Wallace, Perceu e Rafa, assim como os solteiros: Vinícius, Saulo, Drielly e Thieny. Quem esteve neste último domingo (29), na igreja, pôde sentir a maravilhosa presença de Deus durante o culto de encerramento da juventude. Realmente, os jovens finalizaram o mês com “chave de ouro!”.

É Jesus Cristo, o melhor caminho... Eah, eah, eah...!

Quem ouviu essa musiquinha durante o mês de julho e agosto? Quando ela começava a tocar, era o sinal que mais informações sobre o retiro estavam chegando, e para honra e glória de Deus, ele aconteceu. Cerca de 60 jovens participaram do encontro, na Pousada Santa Lúcia, em Santa Teresa. E vamos ser sinceros... Que saudade de tudo que vivemos lá, não é mesmo?! Mas tudo porque Deus realmente esteve no controle. Foram muitos dias de oração e dedicação, para que este evento fosse uma bênção. Observem!

“Na semana de oração, Deus me disse que iria fazer muito além do que eu imaginava, e foi o que aconteceu. Ele surpreendeu! Um dos melhores momentos ali foi quando tive a oportunidade de lavar os pés das três pessoas que orei, para que fossem ao retiro. Senti nesta hora, o mover do Espírito Santo. Mas não posso me esquecer de destacar o último dia do evento. A sensação que tive é de que Deus cumpre mesmo com aquilo que diz”, afirmou Roberta, líder dos jovens da IBCNB.

“Foi o primeiro retiro que participei. Não sentia ânimo para ir. Mas Roberta foi insistente, então, aceitei. Achei que todos ficariam isolados, orando, e que poderia ser chato. Quando cheguei ao local e conheci as pessoas, vi que não era nada daquilo que eu pensava. Aos poucos fui me envolvendo, e quando percebi, já estava totalmente entregue ao agir de Deus. O que marcou foi o vídeo que fizeram com meu pai. Não imaginava que ele falaria tantas palavras bonitas ao meu respeito”, destacou Roberta Lemke.

“Estávamos indecisos quanto a nossa ida devido ser o mês de aniversário de nosso casamento. Chegamos a ver alguns lugares para viajar, mas uma semana antes do retiro, sentimos o desejo de participar e comemorar junto com os irmãos essa data especial. Deus incomodou-nos muito para irmos, e o resultado foi muito mais do que esperávamos. Foi extraordinário tudo o que vivemos naquele lugar”, compartilhou Perceu e Rafa.

Sempre envolvida na organização dos retiros da igreja, Karol Flegler, conta um pouco da experiência de não participar desta vez, como comissão, e ter a oportunidade de se envolver em todas as programações. “Senti paz, senti o agir Deus. Tive toda liberdade para adorar. Pude sentar e ouvir com muita atenção tudo o que foi ministrado, sem precisar me preocupar. Isso proporcionou também momentos de comunhão com os irmãos. Quero mais!”, foi o que disse a jovem.

E tem mais! No ano que vem, mês da juventude, estaremos de volta para desfrutarmos de outros momentos de comunhão juntos com os amados, na presença de Deus.

Vai Gê... Vai Carol... (não é pra cair, hein!)

Sobre a Política do meu país...


“A democracia é um péssimo regime, só não é pior que os outros”.
Essa foi a frase dita por um prof na UFES essa semana, enquanto conversávamos sobre as eleições 2010. A democracia dar o poder nas mãos do povo, das classes que em sua maioria é a mais necessitada e que é mais fácil de manipular. Manipular a grande massa? É isso aí, pq vc acha que existe a publicidade?
Mas não é da publicidade que eu quero falar, não é do material gráfico empanturrando as ruas que quero reclamar, nem tão pouco do apelo psicológico que se faz através desses materiais.
Também não quero falar das propagandas políticas que vi ao longo dessas semanas, nem dos candidatos. Quero falar da consciência do voto para o cristão.
Eu tenho um sentimento patriota idiota, eu sei. Amo meu país, acho lindo sua história, conheço ideologia política de alguns partidos, sei história. E falando politicamente do Brasil, sua história é meio sofrida, tivemos a ditadura, presidentes sem noção, represarias, exílios e muitas coisas que contribuíram pra hoje sermos um país muito mais consciente, mas que não é uma realidade. O povo, as camadas mais pobres ainda se vendem por uma cesta básica que é direito deles, independente do voto. O brasileiro desconhece as leis que regem seu país. Quem aí já leu o código civil? Quem aí já leu o ECA, O CDC OU a CONSTITUIÇÃO? Nem os caras que fazem as leis leram, quanto mais o povo. O que quero dizer é que o povo não tem noção do que tem direito.
Mas antes de expressar toda minha indignação por este país, quero testemunhar como Cristã. Eu torço pelas camadas mais “brigantes” no congresso, os revolucionários, sim...Não, não sou comunista, é contra minha própria ideologia. Agora, eu ia votar na Dilma para presidente, sério, achei que seria legal ter uma mulher na presidência e ela nem usou rosa na sua campanha. Mas diante de todas as coisas que tem saído na net, sobre seu vice, sobre o regime fechado do PT em não permitir que membros do partido votem contrariamente aos projetos que são de legisladores petistas, bom ficou difícil acreditar na democracia. O candidato Serra afirmou em rede nacional que Lula e Dilma são um abuso a democracia. Não estou dizendo que vou votar nele. AGORA, pensem nos projetos de leis que estão para serem votadaos, Lei da mordaça que impede de falar contra a prática do homossexualismo, a legalização do aborto e tantas outras leis que farão nós cristãos aceitarmos e legitimarmos, como disse um PR., A INIQUIDADE no nosso querido BRASIL. EU vou ser presa por dizer que está errado? Se lerem meu blog então ...
O Brasil é um país lindo, mas o que dizem sobre a idéia de Deus ser brasileiro é uma mentira... Deus não seria de um país que aprova tantas barbaridades, não permitira a matança de crianças indígenas por uma qstão de cultura, não permitiria o aborto, nem tão pouco a legitimação entre casais de mesmo sexos. Deus não é brasileiro, ELE É Deus e feliz é a nação que o tem como Senhor.
Nesse ano, pense, ore... Leve a sério sua responsabilidade como cidadão Cristão.
Karol Flegler

terça-feira, agosto 31, 2010

Sobre as Crianças da minha vida

Criança tem um não sei o Q de “cuida de mim”? Pra quem não sabe, eu sou loucaaaaa pra ser mãe, mas doida de pedra mermo. De dar nome, de ver uma coisa e pensar :”vou comprar isso pra quando eu tiver um filho...” O prob é que sempre me falta grana. Rsrs
Tah, então... quero ter um casal, a menina vai se chamar Liesel como a do livro “A menina que roubava Livros” e o menino vai se chamar Logan, por causa, é claro, do Wolve. Sorte dele que não vou colocar Wolverine rsrs...
Mas enquanto não tenho os meus próprios filhos, Deus me deu uns pequenos para cuidar, os juniores. E todo mundo pode pensar “Karol é tão doida pra cuidar das crianças”, ou “Karol nem gosta de criança”. Ledo engano. É por essas e outras que eu estou com juniores, pq eu sou doida e pq aprendo a amá-los todas as terças. E NESSA não foi diferente. Hoje foi o Dani que dirigiu, mas sempre levamos as crianças em casa, eu pra um lado e Dani do outro. Fui levar 3 meninos, um deles é o João. As crianças não tem muita paciência com ele, pq ele fala e quer água o tempo todo, ele tem 9 anos, mora no bairro, é uma criança carente é alguns sentidos, lindo. Tah, é claro que tem hora que eu qro amarrar ele no banco, mas eu não me agüento.
Fui levá-lo, enquanto íamos ele não desgrudou da minha mão. Deixei em casa, e quando eu voltava e passava pela rua dele, ele saiu correndo, pegou na minha mão e puxando com força pra eu ir à casa dele pra conhecer sua mãe, eu fui, a mãe me olhou assustada, dei boa noite, ele disse: “ AKI, TIA, essa é minha mãe, tah fazendo janta”. Eu cumprimentei. Ela perguntou:
“VOCÊ É O QUE DELE?”
Pensei, não disse nada, ela interrompeu meu pensamento e disse : ”é professora neh??!” Balancei a cabeça dizendo que sim – Ele é um bom aluno, eu disse. Às vezes, faz uma baguncinha, mas é bom garoto. Ela disse pra eu pegar no pé ... Eu posso corrigir quando necessário. Eu disse que “tudo bem”. Me despedi do pequeno João. Caminhei até minha casa.
E A PERGUNTA CONTINOU... ”VOCÊ É O QUE DELE”?
NÃO É O QUE EU SOU, É O QUE EU TENHO QUE SER.
O exemplo, a colo, a mão, a oração, a educação, a leitura bíblica.
A bíblia que ele ainda não tem costume de ler.
Karol Flegler
Filosofias de uma manhã nublada...
Eu sinto que na chuva tem grafite pq qndo chove fica tudo cinza...e qndo vem o sol tudo brilha.
Todo mundo foge da chuva e é feito 75% de água.
Eu pensei que pudesse esquecer, aí lembrei.
Cheguei.
Como já disseram, existe um jeito Flegler de viver a vida.

sábado, agosto 28, 2010


aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah ameeeeeeeeeei!!

O mundo sem mulheres! (Arnaldo Jabor)

Beto mandou pra mim, achei muito bom!

O cara faz um esforço desgraçado para ficar rico pra quê?

O sujeito quer ficar famoso pra quê?

O indivíduo malha, faz exercícios pra quê?

A verdade é que é a mulher o objetivo do homem.

Tudo que eu quis dizer é que o homem vive em função da mulher.

Vivem e pensam em mulher o dia inteiro, a vida inteira.

Se a mulher não existisse, o mundo não teria ido pra frente.

Homem algum iria fazer alguma coisa na vida para impressionar outro homem, para conquistar sujeito igual a ele, de bigode e tudo.

Um mundo só de homens seria o grande erro da criação.

Já dizia a velha frase que 'atrás de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.
O dito está envelhecido. Hoje eu diria que 'na frente de todo homem bem-sucedido existe uma grande mulher'.

É você, mulher, quem impulsiona o mundo.

É você quem tem o poder, e não o homem

É você quem decide a compra do apartamento, a cor do carro, o filme a ser visto, o local das férias.

E, se você que está lendo isto aqui for um homem, tente imaginar a sua vida sem nenhuma mulher.

Aí na sua casa, onde você trabalha, na rua. Só homens.

Já pensou?

Um casamento sem noiva?

Um mundo sem sogras?

Enfim, um mundo sem metas.

ALGUNS MOTIVOS PELOS QUAIS OS HOMENS GOSTAM TANTO DE MULHERES:

1- O cheirinho delas é sempre gostoso, mesmo que seja só xampu.

2- O jeitinho que elas têm de sempre encontrar o lugarzinho certo em nosso ombro, nosso peito.

3- A facilidade com a qual cabem em nossos braços.

4- O jeito que tem de nos beijar e, de repente, fazer o mundo ficar
perfeito.

5- Como são encantadoras quando comem.

6- Elas levam horas para se vestir, mas no final vale a pena.

7- Porque estão sempre quentinhas, mesmo que esteja fazendo trinta graus abaixo de zero lá fora.

8- Como sempre ficam bonitas, mesmo de jeans com camiseta e
rabo-de-cavalo.

9- Aquele jeitinho sutil de pedir um elogio.

10- O modo que tem de sempre encontrar a nossa mão.

11- O brilho nos olhos quando sorriem.

12- O jeito que tem de dizer 'Não vamos brigar mais, não..'

13- A ternura com que nos beijam quando lhes fazemos uma delicadeza.

14- O modo de nos beijarem quando dizemos 'eu te amo'.

15- Pensando bem, só o modo de nos beijarem já basta.

16- O modo que têm de se atirar em nossos braços quando choram.

17- O fato de nos darem um tapa achando que vai doer.

18- O jeitinho de dizerem 'estou com saudades'.

19- As saudades que sentimos delas.

20- A maneira que suas lágrimas tem de nos fazer querer mudar o mundo para que mais nada lhes cause dor.



"O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano." - Isaac Newton

sexta-feira, agosto 27, 2010


HAAA…Deus é massa Fih, CE pode pensar:
- Pow, Karol anota tudo que é falado, todos os textos, todos os pontos da pregação.
Mas Incrivelmente não, sabe quando alguém te fala algo muito importante que voCê não consegue esquecer?! É assim, Então segue mais um sermão da GÊ.
Antes, você precisa saber os significados.
Forja é um sistema composto dos seguintes itens: fornalha (material carburante e ar), bigorna, martelos, tenazes e liquidos para arrefecimento (óleo/água). Neste sistema o ferreiro atua no metal aquecido a fim de gerar uma forma desejada. A principal ação é a deformação da estrutura inicial. Posteriormente segue-se para o tratamento térmico para o conferir ao metal as qualidades desejadas.
Mas como eu ia dizendo...

Resumidamente, essa história fala do Rei Davi, Ele foi ungido Rei, mas Saul era o cara mais FDM que perseguia Davi para matá-lo, numa dessas perseuições Davi foi pra caverna de Adulão, e pra lá foram mais um monte de gente capenga que não estava satisfeito com o Reino de Saul, só tinha gente pank, que precisava de cuidados, depois de muito tempo com um bankinho e uma espada, Davi treinou akelas 400 pessoas e quando sairam de lá pra guerra, eram os valentes de Davi “caras de leão’’.
Daí que pá, sacou? Não? Ó bem assim.
DEUS pode até nos mandar pra caverna, mas sempre vai estar conosco. E não vai nos deixar atoa, vai nosmandar as pessoas mais necessitadas para cuidarmos, e essas se tornarão valentes, mas esse processo é doloroso, pq é forjar nosso caráter. Primeiro é fogo, até derreter e a gente ficar pow..ki tah acontecendo, todas as moléculas pertubadas, depois martelo e bigorna, até ir ganhando a forma desejada por DEUS, aí quem sabe ele dá um refrigério, mas volta pro fogo e assim vai, até se tornar uma arma preciosa e que realmente tenha corte.
Ah e quanto a cara de leão? Vey é pros inimigos terem medo, mas pra isso tem que ter muito tempo na caverna.
É na caverna, no tempo difícil, na perseguição que nos tornamos valentes.


1 Samuel 22:1,2
Davi retirou-se dali, e escapou para a caverna de Adulão. Quando os seus irmãos e toda sua casa souberam disso, desceram ali para estar com ele. Ajuntaram-se a ele todos os homens endividados, e todos os amargurados de espírito e ele se fez chefe deles. Eram com ele uns quatrocentos homens.
1 Crônicas 12.8
Dos gaditas passaram-se para Davi, à fortaleza no deserto, homens valentes, homens de guerra para pelejar, armados de escudo e lança. Seus rostos eram como rostos de leões e eram ligeiros como corças sobre os montes… O menor valia por cem, e o maior por mil (v.14).

Visão mais loca que alguém já teve...


Bom gente, já é sexta-feira e eu acho que escrevi bem pouco do retiro dos jovens. Mas eu cá em minhas filosofias, lembrei de algumas coisas que Deus fez e falou lá na Pousada. Falei que ia colocar isso no Blog, mas a GÊ é d+ neh não? Eu chorei tanto! Do mais, todo mundo aki sabe que qndo eu tinha 7 anos eu e o VI vimos um castelinho no céu que não era de nuvem, era de ouro, mas ninguém crê, só a GÊ. RSRS
O Q EU VOU FALAR? RS
Já imaginou como vai ser a volta de Jesus? Eu sempre imaginei esse castelo chegando mais perto, mas eu o veria da praia e Jesus vindo num cavalo branco assim, mó massa...com um som de trombetas ki nem em Narnia, luz do sol contra o rosto, a galera toda ajoelhando, e um silêncio triunfal, depois um acorde de guitarra, bateria, uma sonzera, ki doido! Jesus vindo assim e pá! Mas essa era minha humilde visão.
Vey, como eu chorei depois que a Gê contou a dela.
Jesus vindo assim e pá e a galera aplaudindo o Rei, e Ele com uma roupa mais branca do que sei lá oq, Ele mó pose de Rei, caminhando, olhou pra ela e dá uma piscadinha.
Veeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeey, pensa nisso. O Rei dos Reis, O cara, passa e dá uma piscadinha, quando eu paro pra pensar,...ó só to chorando de novo. É só cara mais CARA do mundo se importando com algo tão insignificante.
E mais outra coisa, impossível que nunca tenha acontecido com vc. Mas sabe quando só vc e DEUS SABE DE ALGUMA COISA? E tipo uma coisa idiota que vc pede,ou pensa e q nem vc mesmo dá muita importância,mas quando é do coração, CARA, Deus vai lá e pá!
Daí que ela tava contando uma de suas muitas histórias, numa viagem missionária, nenhum tostão furado, ela queria muito uma casquinha de chocolate e do MC, aí ela encontra com uma amiga e por terem que esperar os outros, a amiga oferece pagar uma casquinha pra ela.
VEYYYYYYY, coisa mais simples é mais doida que eu já ouvi. Isso já aconteceu comigo, e hoje mesmo.
Mas DEUS É TÃO LINDO, MAS TÃO LINDO, que mesmo qndo a gente nem olha pra Ele, ELE ouve o coração.
Thank’s GOD. I LOVE TILL THE END.
Karol Flegler

segunda-feira, agosto 23, 2010

Sobre o dia do EFATÁ




Bom, uma das muitas mensagens que Deus nos deu nos dias do retiro se encontra em Marcos 7:31 a 36.

Resumidamente, Jesus estava lá...como sempre, caminhando e cantando e seguindo a canção, quando lhe trouxeram um gago e surdo, e o povo queria que Jesus lhe impusesse as mãos pra que fosse curado, mas JESUS FEZ diferente, Jesus tirou do meio do povo, colocou os dedos em seus ouvidos, tocou-lhe a língua e cuspiu. E disse: EFATÁ(QUE SIGNIFICA ABRI-TE)! O homem foi curado.
Em primeiro lugar, pra ser curado vc precisa seguir Jesus para fora da multidão. Estar a sós com ELE.
Em segundo, Jesus é criativo d+ pra fazer sempre as coisas iguais, (já dizia Aslam no filme as crônicas de narnia:”as coisas não acontecem 2x iguais) Ele faz diferente, Ele não faz como todo mundo espera, ELE faz melhor.
Em terceiro, Efatá. Não é palavra mágica, é poder.
Ouça ele dizendo agora: Efatá, abri-te!
Abra seus olhos pra ver os planos de DEUS pra sua vida, abra seus ouvidos pra ouvir a voz de DEUS QUE te chama, Efatá, abra sua boca pra ser bênção. Efatá, abri-te pra se relacionar melhor com alguém.
Efatá.
Eu nem vou assinar, primeiro q foi DEUS, segundo q ELE usou a G.
Então pessoal, fomos para o retiro jovem nesse findi, e foi lindo, a pousada é ótema, as pessoas eram ótemas e Deus, não há adjetivos que possam descrever, e dizer que Ele É Deus é redundante.
É bem provável que eu escreva durante toda essa semana sobre o que ouvimos lá, mas a princípio quero destacar uma frase que mexeu muito com meu coraçãozinho. Eu to crescendo, sabia?
“Não há política Social, porção mágica capaz de mudar o mundo, esse poder está nas mãos da Igreja”. Gê Hoffman
Não é de hoje que se vê tanta mobilização para políticas publicas de inclusão social, de apoio a jovens adolescentes, crianças e tantas leis que, até tentam fazer do mundo um lugar melhor, mas que pouca coisa muda de fato, de modo que as notícias ruins continuam a sair todos os dias, e nós já acostumamos e não nos afeta tanto.
Não há lei que possa fazer do homem uma boa pessoa. Não há projeto social que tire alguém do crime pra que depois ele não volte, não há centro de recuperação capaz de “ressocializar “alguém.
Nada disso vai mudar o mundo ou o caráter do individuo problemático. Nada disso é a solução.
A solução é a Igreja, e eu estava descrente disso até me lembrarem, mas não digo a Igreja como instituição, é a IGREJA GENTE que somos eu e vc, e pq? Pq nós temos a fonte dessa solução´que é O CRISTO.

E aí, vamos mudar o mundo hoje?
Karol Flegler

quinta-feira, agosto 19, 2010

Então, enquanto eu estou aqui, pensei.
Tah tudo no Imperativo! A MÁQUINA DIZ TUDO o que eu tenho que fazer. Quase perdemos o livre arbítrio se obedecemos sempre. É claro que vc nem percebe, fizeram de nós máquinas.
Escrever email.
Enviar mensagem.
Tweet.
Escrever recado.
Enviar.
Não é que nós damos esses comandos, fomos enganados. Lemos isso. Obedecemos Às suas ordens.
Clique aqui.
Baixar agora.
Participar
Fomos (como diz quando é ...) Hipnotizados.
Feche os olhos e escute essas palavras como se fossem ordens. Estou errada?
Acordamos, diretamente ligamos o pc, depois vamos ao banheiro.
Chegamos, ligamos o pc, depois damos boa noite.
E como se não bastasse, quer saber tudo. “O que está acontecendo?”
Eu estou com medo, e se algum dia não obedecermos suas ordens? E se não fizer nada q ele (A) me mandar?

Karol Flegler

terça-feira, agosto 17, 2010

Rede de relacionamento

Eu disse no Twitter que ia escrever sobre isso. Aliás, agora tenho um twitter e por acaso não sei mexer, mas isso tudo me fez lembrar a frase sábia dita por uma garota no filme “Ele não está tão afim de vc”, Ela disse:”Antes, pra tomar um fora de alguém era só ligar a secretária eletronica e se não tivesse nenhum recado então ele não queria nada, hoje vc tem que checar todos os meios de comunicação, a começar, pelo celular, depois Orkut, depois Gmail, depois blog, depois MSN, depois e agora twitter, pow já são 6 ‘foras’ . Ki triste. Então esse lance de rede social é uma farsa. Não é só pq não é de verdade e eu continuo usando é pq, se Walter Benjamim fosse discorrer sobre isso ele diria que os relacionamentos perderam a “Aura”. Perdeu a graça. Se por um lado a globalização permite a comunicação, por outro ela distancia. É como um filósofo disse, a imagem que aproxima, distancia. O fato é que quanto mais próximos estamos virtualmente mais longe estaremos no fim, ao passo que, ficamos cada vez mais buscando relacionamentos virtuais nada virtuosos.
Do mais, quero mostrar a vocês a verdadeira Rede de Relacionamento que presenciei hoje.
O Pqno Grupo dos juniores que Eu, Dani e Jorge dirigimos.


Karol Flegler

sábado, agosto 07, 2010


Tô muito, mas muito stressada com as vacas! Já não se faz mais leite como antigamente!
É só um protesto, eu sempre disse que leite de caixinha não é leite! É água com pó de leite, odeio leite em pó! Essa semana mamãe comprou um leite de caixinha horrível! Falei :”Pow mãe, compra leite de pacote neh?!” Ela comprou, e adivinhem? Leite de água, nem nata o leite tem mais. Pow, como eu tomo meu Nescau Power todo dia agora?
Vai um apelo aí pras vaquinhas...
Karol Flegler.
Só disfarçando aki...

quinta-feira, agosto 05, 2010




Devo escrever sobre a “voltas aulas” UFES 2010/2, TIRANDO o fato de que não tem professores para algumas matérias, hoje, definitivamente, voltei, minha aula de hoje foi de Multimeios que é uma matéria do 4° período, se não me engano. Não culpem o professor pela minha loucura de hoje, mas de todas as coisas importantes que ele falou das 9h (hora que eu consegui chegar) até às 11:30 (quando ele terminou de falar sem dar intervalo) guardei uma frase muito importante:” Quando o começamos a ver o mundo como imagem o próximo se torna distante”. Profundo neh?! Ele disse também que “arte é filosofia prática”. Foi uma aula e tanto e eu boiei em muitas partes. Boiei tanto que quando ele falou de alguma coisa sobre “óleo sobre tela” abriu um balãozinho do lado da minha cabeça, como no desenho do fantástico mundo de BOB, e eu vi essas imagens que fotografei à noite quando finalmente cheguei em casa. Não sei se alguém já pensou sobre isso mas, não duvido que alguém já tenha feito. Afinal de contas...pelo que me contaram...já sopraram numa bola e venderam como “ar do artista”.
Mas falando das imagens aí...bom, ainda estou em processo conceitual a respeito de Arte. Mas meu questionamento do dia é o que é arte no que estou mostrando?
É o fato de colocar uma garrafa de óleo de cozinha sobre a tela do meu computador?
É a embalagem desenvolvida com todo um conceito de linguagem cognitiva?
É o suporte do produto desenvolvido com conceitos de ergonomia?
São as cores usadas nas embalagens?
É layout do site do Google?
É o vídeo da TV?
É a tela pintada?
É A TV?
É a fotografia?

Karol FLEGLER

quarta-feira, julho 28, 2010

(...)e ao me ver, me cumprimentaria com um belo exemplar do seu sorriso perfeito, e me chamaria pra tomar um café pra manter-nos acordados durante uma noite inteira pra me contar tudo da sua vida. Chegaria então no momento em que lhe entregaria um de meus livros contendo sua história, uma foto roubada adulterada.
O que não sentia por alguém que nem sabe era a vontade de estar longe.


Karol Flegler - livro sem título.

quarta-feira, julho 21, 2010

O Lance na Vida Espiritual é bem simples. Quando você pensa que está pronto, é exatamente quando te falta algo importante. Eu quero dizer, quando você acha que já aprendeu tudo, você percebe que aprendeu pouco. É quando se está em crise que se cresce e muda. Não pense que estar longe de Deus por um instante é ruim, porque é quando estamos ruins que vemos o quanto precisamos D’ele. Deus nunca se dá por satisfeito, sempre há algo em você que Ele mesmo quer fazer.

é..

sábado, julho 17, 2010

Mais uma vez. Há tempos não sonho assim, por onde anda dentro da minha memória?
O QUE AS FOTOS DO ÚLTIMO ALBUM DIZEM...
Se vc ainda estivesse aki...
Daria um abraço forte...
Diria q te amo
Talvez escrevesse um cartão como eu fazia antes
Colocaria pink floyd e dançaria com vc
Desenharia um círculo com dois olhos de colocaria seu nome embaixo.
Levaria água pra vc na cama.
Assistiria anaconda e missão impossível pela milésima vez...
Te daria um bjo de boa noite
Até riria de uma piada sua...
Poderíamos ir à praia... e qm sabe comer um sanduíche q vc fizesse... correríamos para aquecer e pra entrar na água...
E ao voltarmos poderíamos tomar banho de mangueira lá fora...
Ou se não ... poderíamos tomar banho de piscina... e eu mediria qnto tempo vc fica embaixo d’água...
Q tal construirmos a casa de cima juntos?
Vc leria meu caderno de novo?
Se vc chegasse tarde eu poderia abrir o portão pra vc?
A gente podia consertar o carro juntos...
Eu acenderia a luz pra vc...
E se chovesse... vc ia qerer lavar o carro assim msm?
Hey, vc me buscaria na escola?
Agente poderia comprar meu material escolar juntos... vc me ensina a desenhar um cachorro de novo?
Me daria uma camisa do Wolve?
Me ajude a lembrar ond coloquei as chaves!
Hey... se vc brigasse com mamãe eu ficaria no quarto separado com vc...
Se seu amigo morresse eu te olharia de longe d novo.
Hey.. não tome conhaque..vc não pod...
Vamos ouvir música sertaneja ao irmos pra roça!
A gente pod pescar...
Vamos na sua empresa... vc é tão conhecido...
Desculpa por não ter ganhado o prêmio de melhor frase...
Eu tirei 10...
...
Hey... kd vc?
Eu mesmo...

Só pra dizer o quanto faz falta

sexta-feira, julho 16, 2010

Guerra dos Sexos


Não gosto de escrever sobre coisas irrelevantes ou escrever coisas irrelevantes, mas na TV Globo passa um programa muuuuito engraçado, essas minisséries, não sei se é, de fato o “Separação” de sexta a noite é muito bom. Como é de se esperar já pelo título, o casal vive em pé de guerra. Vou tentar não escrever sobre o que todo mundo diz a respeito da guerra dos sexos... quais são suas causas? Pq brigar? Etc...Essa semana recebi um email que me indignou muito :”Se o mundo fosse dominado pelas mulheres”, várias piadinhas, algumas até engraçadas, devo admitir. Agora porque isso tudo? Esse lance de que homens são de Marte e mulheres de Venus, lalala etc... homens e mulheres...séculos de discussões e ainda há quem acredite que isso é “moderno”. Nada disso. Quero lembrar-lhes do Jardim do EDEM. Quando Eva come do fruto e Adão aceita comer, o que acontece? Deus vai lá e pergunta: Quem lalallala? E o homem coloca a culpa em quem??????? Na Eva, que por sua vez coloca a culpa em quem???????? Na Serpente. Motivo número 01 para todas as discussões entre homens e mulheres:
- Transferência de culpa.
Bobeira. Deixa de ser boba. Você é bobo heim?! Foi o tema de ‘separação’ de hoje. Os homens pensam que as mulheres são bobas, quando na verdade, elas só são bobas quando estão apaixonadinhas, e os homens são eternamente bobos, mas as mulheres não querem acreditar, e quando por fim se dão por vencidas vêem por quem as bobas se apaixonaram: Os bobos da corte. Homens são infantis, pesquisas dizem que a mulher amadurece mais rápido do que o homem. Logo, eles ainda não saíram das fraudas, e no início mulher adora isso, mas quando caem na real, isso se torna um problema. O cara bobo se torna um idiota. Aí eles sempre brigam. Bobagem?
- Bobeira.
Custa fingir que tah ouvindo E OUVIR? Porque vc acha que Adão comeu do fruto? Eva deve ter se descabelado depois que a serpente falou pra ela do fruto, ela deve ter entrado em crise, não deve ter dormido a noite, deve ter falado pra Adão mil vezes, e ele deve ter perguntado: “Aé?” e balançado a cabeça e lalala, mas ouvir que era bom - nada. Aí o TROXA comeu. Tudo bem que a bíblia fala: “destes ouvidos a tua mulher”, mas foi em outro sentido...foi assim: fez o que ela quis. Ou talvez, a única vez que o homem ouviu a mulher fez a @#$%¨Tah surdo?
- Surdez.
Mas ok, se não é pra entrarmos em guerra, não vamos discutir. Homens são homens e mulheres, mulheres...já dizia a música do Falcão...

“O individuio nasce, cresce
e adentra ao mundo social e politico,
filosófico e artístico
Fica danado, letrado, inteligente e sabido
conhece tudo, explica tudo
e discute com bastante elegância
os rumos da catilogência
fica suave, delicado e aberto
a novas experiências
nada de novo no front desse globalizado leso
a saída é a retaguarda
e isso explica a evolução da perobagem adquirida”
Engraçado é que nunca vai ter solução, é por isso que no céu não tem casamento.
Karol Flegler.

quinta-feira, julho 15, 2010


Essa semana o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente completa 20 anos. E para quem ainda não sabe essa é a “lei” que assegura os direitos das Crianças e adolescentes do nosso país. Vi no Jornal da Globo e também nos jornais do nosso estado algumas matérias referentes a isto. No Jornal da madrugada, alguém que é entendedor do assunto disse que o ECA é lindo o que falta é ele ser cumprido, falta é cumprimento das políticas públicas que dão base para essa defesa tão necessária para o “futuro do nosso país”. Do mais, no ano em que se completa os 20 anos, há no Congresso Nacional um Projeto de Lei de implementação da “Lei da Palmada” que proíbe de pune os responsáveis pelas Crianças e Adolescentes de agredi-las com beliscões, palmadas etc... Há várias opiniões sobre o assunto, o Presidente da República disse que nunca apanhou e também nunca bateu em seus filhos, disse ainda que isso não resolve os problemas.

Psicanalistas, pastores deram entrevistas nos jornais para assegurar suas opiniões a favores e também contrárias.
Certa vez ouvi alguém dizendo que não é bom mesmo que os pais ao corrigir os filhos tenham um contato direto como bater com as próprias mãos, mas usarem algo. Não estou bem certa das teorias psicológicas e o análises que se possa fazer a respeito, as eu sei que a bíblia diz que é pra corrigir com a “vara”. Do MAIS não diga que eu não avisei heim?!
É claro que não acho que deve haver violência no lar, deve haver correção. Assim como deve haver meios para que não haja motivos para que ela aconteça.
Karol Flegler.

quarta-feira, julho 14, 2010

terça-feira, julho 13, 2010

Prova de História da Arte - Sobre 2 histórias

Por volta do ano 64. Depois da morte de JESUS Cristo surge um período intitulado Paleocristão, O Imperador Nero perseguia os cristãos e os matavam. Esses cristãos eram enterrados em Catacumbas e onde haviam os cultos cristãos, era também nesses lugares que pintavam figuras que se relacionavam a nova religião – O Cristianismo. Em alguns desses lugares podemos encontrar a figura de Jesus como O Bom Pastor, Jesus sendo batizado, também podem ser vistas cenas dos milagres que Jesus realizava, como a mulher do fluxo de sangue, a multiplicação dos pães e peixes. Essas pinturas eram simples e até rudes, feitas pelos próprios cristãos. Em sua maioria não retratavam a cena real, como é o caso da mulher do fluxo de sangue, na bíblia conta que havia uma multidão em volta de Jesus e a mulher toca em seu manto, mas na pintura só há Jesus e a mulher. Durante anos e anos os Cristãos foram perseguidos e mortos. Mas no século 3°, com a “conversão” do Imperador Constantino e através do ÉDITO de Milão o Culto Cristão passa a ser permitido e praticamente obrigatório em todo império. Esse período é chamado de Basílical, uma vez que, os “templos” eram feitos em forma de basílicas que em Roma eram os lugares onde se havia “justiça". Os templos era bem rudes, fachadas simples, sem muitas alegorias, praticamente nenhuma. E internamente havia ainda uma preocupação com o uso da Imagem visto que a bíblia condena idolatria à imagens. Não se usava nessa época esculturas.
Já no por volta do séc. VII surge o que mais tarde chamaram de Gótico. Já nessa época vemos um total contraste no que se via nos primeiros anos Cristãos. A “Igreja” era forte e dominadora, logo a arte dentro e fora dela estava em seu maior esplendor. As fachadas das Catedrais Góticas são exageradamente altas, característica marcante desse período e se dividia em 3 partes, suas janelas tem forma de arco ogival que permite a sustentação de sua altura, outras características são as rosáceas e os Vitrais que são extremamente importantes já que as paredes são finas e eles preenchem grande parte delas. Segundo Gombrich, as cores usadas nos Vitrais não eram usadas de forma comum, mas sim para levar o fiel a pensar na eternidade, como um pensamento distante dos pensamentos terrenos. Haviam esculturas em muitas partes, desde as portas com personagens bíblicos como Abraão e Isaque, discípulos e a morte da Virgem Maria. E dentro também haviam esculturas, como de pessoas fundadoras da Catedral. Há também muitas pinturas importantes nesse momento, como "A Anunciação", "A fuga para o Egito", histórias narradas com muitas riquezas de detalhes, ness tempo é que a perspectiva vai sendo aprimorada para mais tarde, no Renascimento, ser perfeita. Sem dúvida houve uma evolução nas características estéticas e plásticas do Paleocristão para o Gótico, ao invés de cultos às escondidas se tem catedrais Monumentais por toda França, Italia e Alemanha, como é o caso da Catedral de Koln . Ao invés de pinturas pobres feitas por homens do povo, temos pinturas ricas em detalhes e vitrais contando histórias. Tem-se o Cristo de madeira pregado em Cruz e a Virgem Maria como uma das figuras principais. A “igreja” que em muitos sentidos apontava para o céu vê-se cada vez mais presa aos costumes terrenos. A “IGREJA” mostra O Cristo não o VÊ.
Karol Flegler

segunda-feira, julho 12, 2010

Imagine seu homem como uma série de círculos concêntricos na qual sua vontade seja o centro, vindo após seu intelecto e finalmente, sua fantasia. Dificilmente você terá a esperança de conseguir excluir todos os círculos tudo o que tenha o aroma de Inimigo: mas terá sucesso movendo todas as virtudes para os círculos da fantasia, ficando os defeitos e vícios que desejamos ser transferidos para a vontade. Somente quando estão encravadas na vontade, e se manifestam em atitudes e para hábitos, as virtudes realmente são fatais. (Não estou, naturalmente, me referindo ao que o paciente chama erradamente de sua vontade – esta névoa de consciência e exercícios de resolução, gestos agressivos, mas o real centro da personalidade, que o Inimigo chama de CORAÇÃO!).
Toda sorte de virtudes pintadas na fantasia ou simplesmente aprovadas pelo intelecto, ou mesmo até certo ponto amadas e admiradas, não arrancariam nosso homem dos antros do NOSSO PAI LÁ DE BAIXO; ao contrário, ele até fazem as vítimas mais engraçadas quando as mesmas descem ao INFERNO.
Seu afetuoso tio,
SCREWTAPE.

C.S Lewis – Cartas do Inferno - 1945

sábado, julho 10, 2010


Muito comentado e zuado o caso “Bruno”, o goleiro do Flamengo que matou uma mulher. Eu não me aprofundo muito nesses assuntos, não que não me interesse, mas acho que existem coisas mais legais de se ler. É claro, porém, que não podemos ser completamente “tapados” com relação às ultimas informações do mundo. Mas não preciso ler pra saber, minha mãe se encarrega de falar tudo o que é mais importante quando vamos dormir, ou seja, ela conta tudo o que soube durante o dia antes de dormirmos, às vezes eu só digo “anrram”, mas as vezes conversamos a respeito. Do mais... Ela disse que o Bruno foi taxado como um dos maiores psicopatas do nosso tempo. Eu li no jornal que psicopatas são pessoas que não se arrependem, tipo, matar uma pessoa e tomar um copo d’água é a mesma coisa. Isso foi um PROF da UFES que escreveu. Então se o Bruno não tem nenhuma perspectiva de arrependimento ele se torna um psicopata, mas como um psicopata pode ter se disfarçado de goleiro esse tempo todo? Digo, quando vemos algum caso do tipo, sei lá...um maníaco do parque, um doido qualquer, mal sabemos da vida dele antes, mas quando alguém é famoso, ficamos pensativos, e a mídia, é claro, só fala disso.
Ficamos surpresos com tamanha hostilidade e crueldade da parte dos assassinos, mas não paramos pra observar que é isso mesmo que está dentro de cada um de nós quando não temos uma verdadeira e íntima relação com DEUS. Os homens matam. E isso é desde a primeira família na Terra, Caim matou Abel, e naquela época não tinha dado tempo de desenvolver um caráter de psicopata. Caim matou Abel por ser homem e pecador. Você pode até me chamar de psicopata, mas já fiquei muito feliz por saber da morte de alguém. Não, eu não sou psicopata, eu sou humana e os humanos erram, hoje, porém, tenho uma visão totalmente diferente, o que me impede de matar alguém não é só uma regra imposta pela sociedade que dá direito a vida, é o amor que o PRÓPRIO Deus concede aos seus filhos que me impede de querer fazer o mal pra alguém. E ainda assim faço às vezes, mas sou inocente, não matei ninguém.
Ficamos espantados com o ódio, mas ele está cada vez mais próximo. Pensamos no outro como monstro e sabemos que dentro de cada um de nós existe um também. Não estou falando de demônios e possessões que existem em alguns casos, estou falando da natureza maldosa do homem que até nisso tenta colocar a culpa na serpente. Estou falando do homem mal que somos, capazes tanto de julgar alguém que tenha feito algo como Bruno, como de fazer o mesmo. É por essas e outras que o mundo está perdido, se encararmos os fatos como desvios de comportamentos, doenças psíquicas e /ou Neurológicas acabamos por tentar achar a cura em fontes erradas, a cura para a maldade humana está no Bem e esse é DEUS.
Karol Flegler

quinta-feira, julho 08, 2010

Não é justo.
A beleza é algo muito relativo, é belo.
É feio dizer que alguém é feio. E é feio dizer que alguém é belo não sendo.
É belo dizer que a beleza é pura. Pura fantasia acreditar na beleza eternizada.
Você é lindo! A paixão vem da projeção da beleza extremamente excessiva. Exceto nos dias de ódio. Apaixonamo-nos por meras cores RED, BLUE E GREEN.


DESLIGA O PROJETOR AÍ.
Karol FLEGLER

Ser design é...

A maioria dos designers devem se identificar com grande parte das características abaixo, principalmente os freelas.

- ter o despertador avisar a hora de ir dormir, e não a hora de acordar;
- ter uma diéta a base de café, Coca-Cola e RedBull;
- ter fones de ouvidos quase implantados na sua cabeça;
- tomar café da manhã, almoço e janta ao mesmo tempo;
- ter os amigos dizerem “Que bonito isso!” mas não entenderem o conceito;
- refazer um job pois ninguém entendeu o conceito;
- ter mais fotos de coisas do que de sua família;
- saber usar o Photoshop, Illustrator, InDesign e Dreamweaver mas não entender como rodar o Excel;
- comprar revistas de R$ 50 mas não ter tempo de ler;
- não conseguir olhar para qualquer coisa gráfica sem tentar melhorá-la na sa cabeça;
- não conseguir andar pelo shopping sem criticar embalagens de produtos;
- ouvir sua vó lhe apresentar orgulhosamente como “artista” para amigos;
- ter sua mãe achar que você trabalha com computadores;
- ser confundido como “técnico em informática” pois “você passa muito tempo na frente daquele tal computador”;
- cobrar o cliente constantemente o briefing e materiais para não estourar o cronograma;
- ver o cliente demorar para enviar o briefing e materiais e depois reclamar que você está estourando o cronograma;
- terminar o projeto após 3 meses e 20 rodadas de aprovação para o cliente dizer “não sei…acho que não ficou muito legal”;
- passar metade do projeto convencendo o cliente que você sabe o que está fazendo;
- passar a outra metade do projeto explicando ao cliente que você está cobrando pelo seu conhecimento;
- ver alguém dizer “Meu sobrinho também faz dizáin“. E quando questionado sobre em qual período ele se encontra, escutar um “Tá terminando o Ensino Médio”;
- acordar se sentido um “garoto de programa” pensando em duas coisas: 1) você precisa parar com isso. 2) você precisa cobrar mais caro por isso;
- passar metade da vida falando pra todo mundo que “logomarca” não existe;
- desistir de ensinar a todo mundo que “logomarca” não existe;
- estranhar aquela luz amarela no céu quando você finalmente sai de casa durante o dia;
- ter que explicar a um cliente que uma gráfica não imprime uma imagem JPG com resolução de 72dpi e em RGB para fazer um outdoor;
- ter que explicar ao cliente o que é JPG, dpi, RGB e “cêmique“;
- ter que explicar que Pantone não é aquele pão com frutas cristalizadas que vendem no natal;
- acordar dia após dia, sabendo que essas coisas nunca vão mudar e mesmo assim pensar: “Eu não me vejo fazendo nada melhor na vida. Amo tudo isso”


DO blog Design com Limão

domingo, julho 04, 2010


Vida Espiritual, quem tem sabe o que vou falar. Mas, todo mundo tem neh, boa ou ruim, mas tem. QUERO dizer antecipadamente que quanto mais tempo e intimidade você tem com Deus mais sérias vão ficando suas crises espirituais. Certa vez usei uma ilustração pra um amigo, falei que nós somos como um recipiente, um copo... a medida que temos vida com Deus vamos nos enchendo e transbordando, abençoando as pessoas, mas quando estamos vazios é que estamos mal e mau. Na medida em que influenciamos para o bem tbm influenciamos para o mau SE estivermos vazios.
Do mais, preciso dizer e é também um alerta. O que foi o início desse ano? Que grandes projetos realizamos?E quero dizer que particularmente me senti extremamente usada por Deus pra realização de seus projetos, retiro de carnaval, auto de páscoa, peças, dia das mães. Foi muita coisa. E minha vida espiritual estava “bombando”. Não deixava de orar e ler a bíblia e ter várias visões ministeriais. Mas, quando menos esperamos... O fato é que somos extremamente falhos, e quando nos “achamos” caímos. É fácil dizer coisas a Deus quando tudo esta bem, afinal de contas...Realizei meu grande sonho de entrar na Universidade, me formei em curso técnico, estou trabalhando na área, embora na minha casa nem tudo vá como eu sempre sonhei, mas pelo menos as brigas cessaram, meus ministérios indo bem, peças apresentadas e eu vendo o poder de Deus e etc...e até com a IM’possível saída do Pr. Eu estava bem, não porque já sabia que ele iria ficar, mas pq já tinha colocado nas mãos de DEUS todas as situações referentes a isso. E diante disso tudo é muito fácil louvar e cantar algumas mentiras, que às vezes, eu canto. Então pra me tirar do meu conforto Espiritual, Deus me fez o favor de me lançar uma bombinha... essas que se jogam no chão e faz um pequeno barulho irritante, e quando você se dá conta se estressou por uma coisa tão sem sentido, que por várias vezes já ouvira antes e nenhum efeito surtiu. Sem perceber, mas percebendo eu tirei ELE da minha “rotina” pq eu não o entendia (continuo não entendendo), mas simplesmente não o queria mais por perto...Conversei com o mesmo amigo pra quem falei sobre o copo, ele me disse que eu tenho que entregar TUDO. Mas tudo dói muito ...e eu fico sem nada? Não é nada que se possa comprar, nem pegar, é só minha vida, coração, entendimento... É tudo. Eu não consegui e fiquei muito brava com DEUS, pq eu não conseguia confiar a ponto de dar tudo. Fiquei de mal, não falei, não ouvi, decidi fazer tudo por meus próprios meios. O afastamento só faz você não querer estar perto. Decidi não tê-lo por perto e nem fingir mais eu conseguia.
Teve reunião, e mesmo ELE falando eu queria não estar ali. As coisas só pioram, um abismo chama outro abismo, não fiz nada que, publicamente, envergonhasse o nome de Jesus, mas em meu coração, eu sabia. Embora eu esteja com muita vontade de escrever e escrever... eu sei que c não vai ter paciência de ler. Mas quero dizer, durante a pregação que o PR. Alessandro q falava sobre o Diamante, ELE falou de novo, eu queria sair correndo dali, foi então que me fez lembrar que outrora o PR. Walter dissera sobre a preciosidade da minha vida para Deus. Não estou me achando, pra Deus eu sou importante, eu sei... e ele não olha como eu falo ou me visto ou me comporto, se está ou não dentro dos padrões éticos da sociedade, ele conhece o meu coração, ele é o único, pq as vezes, nem eu conheço. Do mais... quero dizer que fiz as pazes com ele. Alguém percebeu o meu problema, é pra isso que servem os amigos tbm.
Do mais pessoal, temos um grande projeto pela frente, em Setembro começaremos uns dos maiores (na minha opinião) Evangelismo da História do Ministério Impulso e Teatro. Eu sei que eu sou líder e que preciso dar exemplo, mas não vejam minhas falhas somente, vejam-nas e aprendam como não fazer e vejam os acertos pra acertamos juntos. Não podemos desviar nem para a direita nem para a esquerda. Não dá pra parar de orar nem ler a palavra, não dá pra ficar de mal agora! E para fechar, cantaram uma música hoje :”Totalmente Teu”. Eu nem preciso dizer mais nada, neh? MAS como eu não consigo escrever sem citar Lewis...
"E a verdade é que Ele revela muito mais sobre si mesmo a determinadas pessoas do que a outras, não porque tenha os seus “favoritos”, mas porque lhe é impossível mostrar-se a alguém cuja mente e caráter lhe sejam inteiramente adversos." (C. S. Lewis)
Karol FLegler

sexta-feira, julho 02, 2010

Eu já ia me esquecendo, devo contar sobre os últimos acontecimentos, neh??! Algo muito curioso aconteceu essa semana. Foi quarta-feira, dia da greve dos bus, eu tinha prova, portanto eu PRECISAVA estar na UFES, depois de carona e bus que errou o caminho, finalmente cheguei. Aquele lugar pode ser o céu ou o inferno (kkk). Vou falar sério!
O que ocorre é que estava eu mal vestida como sempre, calça verde, blusa branca sem estampas, chinelo e mochila vermelha, quando de repente um jovem fala comigo, eu tomei um susto. Ele me perguntou :” – o que eu preciso fazer pra ser salvo?” Lógico que estranhei a pergunta, até pq não é toda hora que alguém me para do nada pra falar algo do tipo, eu fiquei chocada, mal sabia falar, perguntei o pq dele estar me fazendo akela pergunta, ele disse que era pq ele estava tentando falar de Jesus pras pessoas, e como ele não sabe quem sabe ele pergunta. Eu fiquei encantada com o garoto, tamanha coragem dele! 1° ele veio falar comigo, eu sempre to com cara de poucos amigos, depois ele veio falar de JESUS. Não era pra eu ficar surpresa, afinal de contas, era o que EU devia fazer. Mas prefiro uma abordagem menos chocante com as pessoas ao meu redor. Enfim, o fato é que continuamos a conversa eu dei a resposta, falamos sobre Jesus e a importância de não nos calar diante da pressão da Universidade, ele é da presbiteriana e faz mestrado em Engenharia Mecânica, mas não lembro o nome dele, pouquíssimo do seu rosto, chegamos no prédio em que eu precisava entrar, e ele se foi.
Ele não teve medo de nada, e eu fiquei pensando naquilo enquanto fazia a prova. As VEZES EU PENSO que o amor de muitos esfriou, mas um garoto veio falar de Jesus pra mim, pra mim que já sei, que sirvo e deveria fazer o mesmo. Acho que Deus quis me despertar pra muitas coisas. É só o 1° período.
Karol Flegler.