quinta-feira, janeiro 28, 2010


Hoje de manhã me olhei no espelho e fiquei preocupada, eu estava realmente pálida, olhei aquela parte dos olhos pra ver se ainda tinha sangue, até que tinha um pouquinho, aí eu fiquei pensando... Eu faço pelo menos 3 exames de sangue no ano pra ver as taxas de glóbulos e plaquetas e nunca perguntei qual meu tipo sangüineo, logo me veio um pensamento... que nada tem haver com isso.
Quando eu era estudante a professora explicou as células do sangue, e nunca vou esquecer de como ela comparou as plaquetas, ela disse que as plaquetas eram como se fossem soldadinhos, se você tivesse muitos, dificilmente, os inimigos que são as doenças, dominariam o corpo. E quanto mais você resiste ao inimigo, vc o conhece mais e tem mais força pra resistir. Isso eram as plaquetas.
Os glóbulos Vermelhos eram células responsáveis por levar todo gás carbônico parra o pulmão para ser liberado, além de nutrientes La La la e etc...
E os brancos eu não me lembro. Bom, minha anemia é Ferropriva, é deficiência de ferro, que é responsável, pela disposição física, mental, ou seja, com a falta de fero, eu tenho mais dificuldade de aprender, de desenvolver algumas atividades.
Se for ver... eu sou um milagre.
Então vamos ao que interessa. Se um dia eu precisasse de transfusão de sangue, teria que ser um sangue muito mais saudável que o meu, é claro. Levando isso pro lado relevante da vida... Nascemos todos anêmicos...Precisamos de uma transfusão, estamos Leucêmicos e nus.
Temos um banco de sangue a nossa disposição, as plaquetas são um exército inteiro de soldados, eles já enfrentaram o pior de todos os inimigos, e nada pode vencê-los. Ele resistiu a todas as doenças, por isso é o sangue mais forte. Os glóbulos vermelhos dele são como um rio leva tudo o que não precisamos para o pulmão e logo é liberado para não voltar.
Sendo assim, quando recebemos essa transfusão ficamos mais ativos, mais vivos... pensamos mais, desenvolvemos melhor nossas atividades mentais e físicas.
A questão é que você pode escolher essa transfusão, e nem sempre todos a querem, porque quando esse sangue entra nas veias, ele muda tudo, todos os seus hábitos, suas manias de não se alimentar bem.
Esse sangue é de JESUS, O CRISTO.
KAROL FLEGLER

Nenhum comentário:

Postar um comentário