terça-feira, fevereiro 23, 2010

Me veio uma inspiração ontem a noite, uma coisa do nada. Me veio a mente um “folderzinho” que fizemos ainda na 8º série. Era um folder com um coração na frente escrito:“vote no amor” e dentro dizia assim: “PODE haver coisas maiores ou menores que o amor, mas nada se compara a ele”. Do mais, contarei a história. Era 2002, meu último ano de SESI, meu último ano de líder da turma. Naquele ano, se me lembro bem, era eleição de alguma coisa e os pedagogos decidiram fazer uma eleição para conscientizar os alunos sobre o voto. Contando isso tudo, bom, você já entendeu. Não? Okok
Houve um sorteio pra que cada sala defendesse um sentimento, por acaso, a Oitava B, que era a minha turma, ganhou o amor pra defender. Nós nem imaginávamos que daria tanto trabalho, pois bem, fizemos uma campanha de marketing para que o amor fosse o sentimento vencedor. Apresentamos teatro de manhã e a tarde, cantamos músicas relacionadas, distribuímos pirulito em formato de coração junto ao folder para que o amor fosse vencedor. Trabalhamos arduamente para que ganhássemos.
Ganhamos. Afinal, foi uma bela campanha. O que deu uma confusão... Porque afinal de contas, como dizia o folder, “nada se compara ao amor”. A ESCOLA em guerra e a oitava B em festa.
O que eu quero dizer com isso? Bom...eu nada. Mas me vem palavras...
O amor supera qualquer coisa, qualquer outro sentimento, ele é único. E levando pro lado considerável da vida... Se Deus é amor, ele Basta. E mesmo que nós saibamos que será o vencedor então fazemos uma campanha enorme de publicidade para que ele seja conhecido. Por mais que você não se dê conta ainda, no fim, o amor vencerá e se você estiver com ele, então, também o será.
Karol FLEGLER

Um comentário:

  1. Amiga... não imaginava a imensidão que havia dentro de você! Mas sempre pressenti... tanto é que sempre te amei!!! Saudades de ti amiga, madrinha, irmã, confidente... bjs!!!

    ResponderExcluir