sábado, maio 22, 2010

Filosofando a vida...

A vida é que nem andar de Trascol. Daí Cê já chega todo carregado, mochila, bolsas, sacolas, sobe, mas não pode sentar na frente, pq akelas cadeiras são pra pessoas q precisam descer pela porta da frente. Passa roleta, paga um absurdo pra ficar em pé. E tenta ir pro fundo do bus que é onde parece estar vazio, passa por um e por outro...tem gente que é mal educado, pisa no seu pé e quando você finalmente se instala tem as coisas, as bolsas, que te impedem de segurar firme, mas as vezes há aqueles que te ajudam pedem pra carregar suas coisas até que você encontre um lugar pra sentar e relaxar. O ônibus corre, para, faz curvas sinuosas e você se segura pra não cair. O cel toca, você tenta... é difícil. Finalmente há um lugar pra sentar-se, então você pega suas coisas, senta e ouve uma música com um fone implantado, ou lê ou os dois. Até que chega a hora de descer. Aí Acabou. Game OVER. Agora, quando CE pega o bus errado que é tenso, CE tah vivendo uma vida que não é sua.
Karol Flegler

Nenhum comentário:

Postar um comentário