sexta-feira, junho 04, 2010

Meu normal.

Meu normal.
Hoje tive pesadelo, sonhei que estava tudo no lugar.
Eu estava almoçando na sala de jantar e ainda de garfo e faca, e a televisão na sala -de-estar, desligada.
Sonhei com meu quarto arrumado não havia mais meias e sapatos
Atrás da porta, no sapateiro, meu tênis branco estava branco. Alguém havia organizado minhas roupas do guarda-roupas.
A gaveta de meias estava de par em par.Cadê minha toalha molhada que estava sobre a cama?
Tive mais medo quando deparei com meu cão, ele estava mastigando ração.
Todo canto da casa estava arrumada, até a pasta de dente estava tampada.
No espelho vi um monstro, minha cabeça sobre um corpo de terno e gravata.
Meus desenhos tinham virado planilhas do Excel.
Eu já estava ficando normal, peguei até copo pra beber água.
Ouvi algumas vozes sussurrando no portão, eram os médicos que me vinham
buscar pra me internar, eu sentia...
Corri e me joguei na cama, cobri a cabaça com o travesseiro, depois de minutos
era o fim, o fim do pesadelo, senti meu cachorro lambendo meus pés suados,
Olhei pra ele que me mandou sentar, deitar e rolar. Percebi que tudo voltava ao seu lugar.
Atrás da porta o cheiro de chulé da meia dentro do meu ex tênis branco.
Voltei a me vestir com minhas roupas amarrotadas do meu guarda roupa bagunçadas,
Ufa... não havia tampa na pasta, Meus desenhos não eram quadradinhos com números...
Até que no jantar lá estava eu, sentado na frente da TV, comendo franco com as mãos.
Isso tudo me tirou o fôlego, ofegante reatei meu romance com o bico da garrafa de água.
E tudo voltou ao meu normal.

Por Bruno Souza

2 comentários:

  1. è dificil escrever meu nome certo?
    é so colokar UM S vey...
    aff.
    kkk
    vlw s guria.

    ResponderExcluir
  2. Belo Texto. Me tirou o fôlego. Fiquei ofegante! rsrs
    Parabéns!

    ResponderExcluir