quarta-feira, novembro 03, 2010

Para ViníciUS Medina

Let’s go!
Eu estava realmente pensando na língua portuguesa e em como eu a uso de forma inadequada. Pensamentos do dia...
Usa-se hífen. Não usa hífen. Aprendi que para palavras paroxítonas usamos acento das palavras que terminam em USEI UM LIRÃO XNPS DITONGO ABERTO, para proparoxítonas acentuamos todas e para oxítonas terminadas em AEO seguidas ou não de S.
Eu demorei anooooos pra aprender isso e agora quando finalmente vou usar tah errado.
Outra coisa, vai ter língua complicada assim lá... em Portugal. Foneticamente, as palavras com mesmo som se escreve de maneira diferentes e palavras sons diferentes se escrevem iguais.
Pow... é dmais pra minha cabeça. Pra fugir disso tudo inventaram a língua da NET, \o/. Então, poucos são os que se preocupam em escrever certo quando estão no bate papo...mas tem erro que dói de ver. Então...filosofando..compreendi que se mudaram as regras da língua portuguesa, nosso querido Machado de Assis escreveu errado.
A fora isso, daki uns 10 anos, gírias como: VEY, CARA, BICHO serão pronomes de tratamento. Palavras como: nogoço, coisa e outras mais serão verbos.
Então vejamos a evolução da palavra VOCÊ. Pelo menos de onde eu lembro.
VOSSA MERCÊ, VOS SUNCÊ, VOCÊ, CÊ E C TAH ENTENDENDO?
Nossa língua é tão rica que nos sobra palavras.
Pra que serve essa tal “saudade”?
Falando em língua, amanhã Vinicius faz 23 anos. NÃO VOU COMENTAR.
Karol FLEGLER

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkk....
    Nada vale..
    Gostei tia!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa!!
    Entrando no clima da lingua portuguesa, existe uma ambiguidade na última oração que possivelmente foi escrito no momento de liberação de endorfina no organismo.
    KKKKKKKK Abraços Karol e parabéns para o Vini!

    ResponderExcluir